PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

1

2

País

Fronteiras: Multa de 300 a 800 euros para quem entrar em Portugal sem teste negativo à COVID-19

28 Novembro, 2021 - 13:33

4660

0

Decreto-lei já foi publicado em Diário da República.

Quem viajar para Portugal sem teste negativo arrisca coima de 300 a 800 euros. De acordo com o jornal Público, as companhias aéreas, as entidades responsáveis pela gestão dos aeroportos ou os armadores dos navios de passageiros ou respectivos representantes legais, consoante aplicável, arriscam o pagamento de uma coima de 20 mil a 40 mil euros por cada passageiro que embarque sem os testes requeridos.

 

O Governo fixou uma coima de 300 a 800 euros para quem entrar em território nacional por via aérea, terrestre, marítima e fluvial sem apresentar teste negativo à COVID-19, refere o diploma que altera as medidas no âmbito da pandemia.

 

O decreto-lei com as novas medidas no âmbito da pandemia de COVID-19, com efeitos a partir de 1 de Dezembro, foi publicado no sábado em Diário da República.

 

Entre as alterações previstas está o cumprimento das regras aplicáveis ao tráfego aéreo e aos aeroportos, bem como ao tráfego terrestre, marítimo e fluvial, designadamente no que se refere às obrigações de solicitação e apresentação do Certificado Digital Covid da União Europeia e do formulário de localização de passageiros (PLF).

 

O documento estabelece também as obrigações de apresentação de teste PCR ou teste rápido de antigénio com resultado negativo ou de confinamento obrigatório, por parte dos passageiros e das companhias aéreas e dos armadores dos navios de passageiros ou respectivos representantes legais, nos termos das declarações das respectivas situações de alerta, contingência ou calamidade.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Tópicos:

#Covid 19

Últimas