PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Fortaleza de Valença a ‘um passo’ da elevação a Património Mundial

3 Junho, 2024 - 15:14

12

0

Cerimónia realizada em Almeida.

Os municípios de Valença, Almeida e Marvão entregaram, esta segunda-feira, o dossier final de candidatura das “Fortalezas Abaluartadas da Raia” a Património Mundial da UNESCO.

 

A cerimónia decorreu durante a manhã desta segunda-feira, em Almeida, distrito da Guarda.

 

“Hoje é um dia marcante para as fortalezas abaluartadas da raia. Um dia especial para Almeida, para Marvão e para Valença. Um dia pelo qual todos ansiávamos, os Executivos Municipais que definiram este processo como prioritário”, disse o Presidente da Câmara Municipal de Valença, no seu discurso.

 

Recorde-se que o património abrangido na candidatura integra a Fortaleza de Valença e de Marvão e a Praça-forte de Almeida, exemplares únicos da arquitetura militar dos séculos XVII e XVIII, sendo os mais representativos de sistema abaluartado e na defesa da linha de fronteira.

 

A Fortaleza de Valença é formada pelos polígonos da Magistral (mais antiga) e da Coroada, separados por um fosso, com falsas-bragas.

 

Possui dez baluartes e dois meios baluartes, cinco revelins, cinco reparos, seis redentes, dois contraguardas, dois cobre-faces, um tenalha, 34 guaritas, 214 canhoneiras, seis fortes, três poternas, dois paióis e 10 casamatas.

 

A raia luso-espanhola é a faixa da fronteira mais antiga e estável do mundo, com cerca de 1.319 km, e uma das mais fortificadas da Europa, com particularidades históricas e culturais únicas.

 

 

 

 

[Fotografia: Município Valença]

Últimas