PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Alto Minho

Dados provisórios apontam para 20 mil hectares de área ardida

7 Setembro, 2010 - 15:48

177

0

A cerca de um mês do fim da fase Charlie, a fase crítica de combate aos incêndios florestais, o rescaldo no distrito de Viana do Castelo não podia ser mais negro, perto de "20 mil hectares ardidos" desde o inicio do ano.

A cerca de um mês do fim da fase Charlie, a fase crítica de combate aos incêndios florestais, o rescaldo no distrito de Viana do Castelo não podia ser mais negro, perto de "20 mil hectares ardidos" desde o inicio do ano. Sete dos dez maiores incêndios registados no Noroeste português nos últimos trinta anos ocorreram no distrito de Viana do Castelo. O maior deles, com 5590 hectares de área ardida, lavrou durante 12 dias e percorreu mesmo uns 3350 hectares do Parque Nacional da Peneda-Gerês.
Notícias de que há algumas corporações de bombeiros a nível nacional a sofrem um desfalque em termos de pessoal, Rui Cruz Presidente da Federação Distrital dos Bombeiros, refere que os meios existentes no distrito são suficientes para combater as chamas excepto "em anos anormais" como o de 2010, em que houve "picos de 70 ignições num só dia."
Para que situações semelhantes não voltem a acontecer, o responsável afirma que a solução passará pelo repensar numa reflorestação a nível nacional

Últimas