PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Vila Nova de Cerveira

Cerveira/Tomiño: Provedoras sugerem eliminar validade do Cartão Europeu de Saúde

10 Março, 2023 - 22:49

1333

0

Saúde.

A criação do cartão de cidadão transfronteiriço está entra as áreas prioritárias das duas novas provedoras da Eurocidade Cerveira/Tomiño, Ana Fernández Ordóñez e Maria Manuela Ferreira,  para os próximos dois anos de mandato da provedoria.

 

Defendem também a eliminação do período de validade do Cartão Europeu de Saúde.

 

“Acreditamos que seria interessante que este documento, recomendável para todas aqueles que viajam pela Europa ou, como é no nosso caso, que continuamente nos mobilizamos entre Portugal e Espanha, devia manter a sua validade atemporal, para assim evitar surpresas desagradáveis em casos de hospitalização ou assistência médica no país que é vizinho, estando a escassos quilómetros, pelo que queremos romper com estas burocracias”, afirmou Ana Fernández Ordóñez.

 

Tendo como funções a garantia da defesa, proteção e implementação de interesses comuns aos residentes em Cerveira e Tomiño como cidadãos europeus transfronteiriços, Maria Manuela Ferreira frisou que “esta nomeação é um pequeno contributo para dar voz a Cerveira e Tomiño no encontro de soluções para os anseios e necessidades das nossas populações, no âmbito das empresas, instituições, nos cuidados de saúde, de emergência, na proteção civil, na mobilidade e circulação de trabalhadores transfronteiriços, serão sempre as nossas prioridades”.

 

“Só quem aqui reside e se movimenta diariamente para o país vizinho, seja em trabalho ou lazer, pode testemunhar eventuais entraves e burocracias que já não tem razão de existir, três décadas após a livre circulação de pessoas e bens”, acrescentou.

 

A acompanhar esta apresentação, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira realçou que a “Eurocidade Cerveira-Tomiño quer continuar a ser exemplo de boas práticas da cidadania transfronteiriça e a provedoria é prova disso mesmo”.

 

“Um mecanismo para sentir o pulso à nossa sociedade, através da recolha de reclamações e sugestões”, sublinhou.

 

Rui Teixeira assegurou que a Eurocidade tem “ideias e projetos importantes em torno da defesa do território, salvaguardando os interesses comuns e colocando o cidadão transfronteiriço no centro das atenções. Vamos fazer um Espaço Único Europeu”.

 

Relembrando algumas das iniciativas promovidas pelas primeiras provedoras, as quais foram premiadas a nível internacional, a Alcaldesa de Tomiño, Sandra Gonzalez, elogiou “o trabalho feito que nos enche de orgulho, estando seguros de que as novas provedoras vão prosseguir com a recolha de testemunhos e apresentar novos projetos e outras dinâmicas de cidadania”.

 

A Provedoria da Cidadania Transfronteiriça da Eurocidade Cerveira-Tomiño, figura pioneira de cooperação entre a Galiza e Norte de Portugal criada em julho de 2017, exerce a sua atividade com autonomia e imparcialidade em relação aos órgãos municipais e sem nenhum tipo de retribuição económica.

 

Têm como funções receber queixas, reclamações e sugestões relativas às relações transfronteiriças entre os dois municípios e emitir relatórios, recomendações e sugestões dentro das suas competências.

 

 

[Fotografia: Município VN Cerveira]

Tópicos:

#Saúde

Últimas