PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Caminha

CAT não vai encerrar

12 Fevereiro, 2010 - 10:57

100

0

Afinal o Centro de Acolhimento Temporário de Jovens e Crianças em Risco, de Seixas, não vai fechar portas. A proposta conjunta da Câmara de Caminha e da Comunidade Intermunicipal do Minho-Lima foi aceite.

Afinal o Centro de Acolhimento Temporário de Jovens e Crianças em Risco, de Seixas, não vai fechar portas. A proposta conjunta da Câmara de Caminha e da Comunidade Intermunicipal do Minho-Lima de ampliar as instalações do Cat foi aceite pela Secretária de Estado da Segurança Social na reunião realizada esta quinta-feira. "O que estava em jogo era a falta de instalações capazes de prestar um bom serviço, e desta forma resolve-se o problema sem custos para a Segurança Social, uma vez que a Câmara vai assumir a contrapartiuda nacional na futura candidatura para o investimento, desta forma a Segurança Social recuou na intenção de encerrar o Cat", as palavras são de Rui Solheiro, presidente da CIM, que diz que, agora as entidades envolvidas neste processo de evitar o enverramento do CAt vão finalizar o projecto de ampliação das instalações para acolher vinte utentes.
Serão, assim, alguns meses de burocracia mas que Rui Solheiro, garante que "até ao final do ano as obras estão concluídas" e o Cat a funcionar a 100 por cento.

Últimas