PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Alto Minho

Alto Minho: Mulheres Socialistas iniciam ciclo “no Território com as Pessoas”

23 Fevereiro, 2023 - 21:28

1238

0

Programa começa em Viana e segue para Paredes de Coura.

Começa no próximo sábado, no distrito de Viana do Castelo, o ciclo MS-ID (Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos) no Território com as Pessoas

 

Segundo a organização, “trata-se de uma iniciativa conjunta da Direção Nacional das Mulheres Socialistas com as Estruturas Federativas, que levará a Presidente Nacional Elza Pais a visitar todas as Federações”.

 

Assim, a dirigente virá ao Alto Minho para participar num conjunto de reuniões de trabalho.

 

O programa começa pelas 12h30, com uma visita ao Hospital de Viana do Castelo onde vai realizar-se uma reunião com a Associação dos Amigos da Maternidade e da Mulher.

 

A comitiva segue depois para Paredes de Coura. Às 15h30, na Casa do Conhecimento, realiza-se um debate sobre Violência Doméstica: a realidade no Alto Minho.

 

Para as 17h30, ainda por Paredes de Coura, as mulheres socialistas vão visitar o Atelier de Artesanato onde é feita a emblemática Rosa Courense, patenteada pela artista Margarete Barbosa.

 

O dia vai terminar com um jantar convívio num restaurante daquele concelho.

 

Durante estas visitas, Elza Pais estará acompanhada pela Estrutura Federativa das Mulheres Socialistas de Viana do Castelo, Federação do Partido Socialista e pela Federação da Juventude Socialista de Viana do Castelo e certamente por parte de vários militantes.

 

“Acreditamos que o trabalho político de proximidade é importante, dá-nos maior conhecimento da realidade e ajuda-nos a definir políticas mais justas e equitativas”, disse à Rádio Vale do Minho a líder das Mulheres Socialistas do distrito de Viana do Castelo, Sandra Vieites.

 

“As Mulheres Socialistas sempre pautaram a sua ação por essa proximidade, pois permite apetrechar-nos de toda a informação e conhecimento, por forma a estabelecer prioridades realistas e coerentes com as verdadeiras necessidades das pessoas“, acrescentou.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Tópicos:

#Política

Últimas