Menu

+

0

1

Arcos de Valdevez

ONDA~02

27 Novembro, 2021
22:00
Centro Interpretativo do Barroco

Música/ eletrónica/ experimental

Música/ eletrónica/ experimental:
ONDA~02
Centro Interpretativo do Barroco
27 de novembro (sábado); 22h00
ENTRADA GRATUITA
Depois de uma primeira edição harmoniosamente intimista decorrida no Paço de Giela em 2019, o Onda~ regressa para uma segunda edição a realizar desta vez no Centro Interpretativo do Barroco.
A série de eventos que pretende ser uma ponte de ligação entre Arcos de Valdevez e Música Eletrónica, Performance e Novos Media é desta vez composta por dois atos, que trazem até nós nomes já consagrados na área da música eletrónica, experimental e ambient a nível nacional.
O Ato A desta edição é apresentado por Luís Fernandes (1981) é músico, artista sonoro e programador cultural. O seu trabalho é desenvolvido paralelamente nas áreas da composição musical, da performance e da curadoria artística. É doutorado pela Universidade do Porto. Enquanto músico, é elemento fundador da banda peixe:avião, mentor do projeto The Astroboy e Landforms, membro do coletivo La La La Ressonance, dos duos Palmer Eldritch e Quest (com a pianista Joana Gama) e do trio Harmonies (com Joana Gama e Ricardo Jacinto). Compôs, com Joana Gama, a peça “At the still point of the turning world” para piano, eletrónica e orquestra. Colaborou em performances ocasionais com Hans-Joachim Roedelius, Rhys Chatham e Toshimaru Nakamura.
Já o Ato B fica a cargo de Frederico Dinis, um compositor intermédia português, performer audiovisual e investigador, que procura representar um espaço-tempo figurativo, combinando narrativas sonoras e visuais com espaços inusitados.
As suas sonoridades são híbridas e incorporam um conjunto de influências: ambient, drone, soundscape, soft noise e eletrónica minimal. Tem editados sete trabalhos a solo e desenvolveu múltiplas performances site-specific. O seu trabalho tem sido abraçado por museus, salas de concerto, espaços públicos e eventos, em Portugal, Espanha, Áustria, Finlândia, Brasil e Coreia do Sul.

Últimas