PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Vila Praia de Âncora

VP Âncora: Obras de ampliação da Escola Básica e Secundária ‘a todo o vapor’

6 Outubro, 2021 - 11:40

300

0

Obra corresponde a anseio antigo da população local.

As obras de ampliação da Escola Básica e Secundária de Vila Praia de Âncora e Espaços de Integração para o Ensino Articulado seguem em velocidade cruzeiro. A autarquia caminhense mostra-se agradada com os trabalhos, dado que está a cumprir-se um velho anseio dos ancoreneses.

 

Trata-se de mais um investimento na área da Educação, orçado em 1.952.436,69 euros mais IVA. Rui Lages, vereador na Câmara Municipal de Caminha, esteve no local para acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos.

 

Esta empreitada compreende uma intervenção na Escola Básica e Secundária, com a construção de um novo edifício, já visível, que albergará o ensino do 1º ciclo e a Academia de Música Fernandes Fão.

 

A obra encontra-se na fase de tosco. Ou seja, a estrutura de betão armado já está terminada e estão a ser executadas as paredes de alvenaria exteriores e interiores, que possuem características especificas fundamentalmente relacionadas com a acústica do edifício, já que parte do mesmo vai acolher a academia de música. Estão ainda em execução as respetivas redes de especialidades, designadamente as redes de abastecimento de água e drenagem de águas residuais.

 

De acordo com o projeto, o novo edifício contempla várias salas de aula, polivalentes e específicas. Haverá também um novo acesso ao estabelecimento de ensino, a pensar nos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico.

 

O espaço exterior será igualmente renovado, sendo redesenhados os locais destinados à prática de educação física. O espaço destinado à Academia de Música Fernandes Fão contempla espaços destinados à parte administrativa, salas de aula, estúdio, salas de estudo individualizado e um auditório com capacidade para cerca de 170 pessoas, prevendo-se uma utilização polivalente.

 

Com a ampliação da escola criam-se ainda condições de trabalho para professores e para toda a comunidade escolar, acautelando o possível crescimento do número de estudantes. Esta amplificação permite receber os alunos do primeiro ciclo de ensino, não havendo separação da restante envolvente de comunidade escolar.

 

 

[Fotografia: Município Caminha]

Últimas