PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Valenciano: Pedro Cunha determinado em acabar com “divórcio” entre clube e adeptos

17 Janeiro, 2023 - 09:44

1199

0

Novo presidente quer dar estabilização ao clube, para depois pensar em voos mais altos.

O novo presidente do SC Valenciano, que milita na I Divisão da Associação de Futebol de Viana do Castelo (AFVC), quer voltar a ter multidões no estádio.

 

Pedro Cunha assumiu o leme do principal clube de Valença. Está determinado em atrair mais gente ao campo e devolver aos adeptos a paixão pela camisola verde e branca.

 

Para já, a primeira de todas as prioridades é recuperar a saúde financeira.

 

“Não é que se deva muito dinheiro, mas não está fácil”, lamentou Pedro Cunha aos microfones da Rádio Vale do Minho, que admite pedir apoio ao Município na resolução deste problema.

 

“Vamos tentar e isso tem toda a lógica. Não vejo o futuro do clube, sobretudo das camadas jovens, sem esse apoio camarário”.

 

Outra das metas principais de Pedro Cunha para os próximos tempos é conseguir atrair mais adeptos aos jogos da equipa.

 

“É outro dos pontos que me preocupa. Nos últimos tempos tem-se notado muito. Tem havido um divórcio cada vez maior entre o clube e os adeptos”, considerou.

 

Sobre a presente temporada, o dirigente admitiu que as ambições não são muitas.

 

O Valenciano está já fora da Taça da AFVC e, no campeonato, a distância para o topo da tabela é já de 21 pontos às portas da segunda volta.

 

“Neste momento, o objetivo passa somente por fazer o melhor possível. Este é um ano sobretudo para estabilizar”, reiterou Pedro Cunha.

 

O SC Valenciano ocupa nesta altura o 8º lugar da tabela classificativa da I Divisão da AFVC, com 24 pontos. Em 16 jornadas, soma sete vitórias, três empates e seis derrotas.

 

Na próxima jornada, que fechará a primeira volta do campeonato, o Valenciano recebe o Lanheses.

 

O desafio está agendado para o próximo domingo. Apito inicial às 15h00.

 

 

[Fotografia: Cedida à Rádio Vale do Minho]

Tópicos:

#Futebol

Últimas