PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Valença: Torneio medieval levou Contrasta ao rubro – Veja o VÍDEO e FOTOS

28 Agosto, 2022 - 20:15

1050

0

Mercado Medieval.

Uma autêntica multidão marcou presença durante a tarde deste domingo em frente ao Paiol de Marte, na Fortaleza de Valença, para assistir ao Torneio Medieval integrado no programa da iniciativa Valença na Rota da História, um mercado medieval que se realizou no centro histórico deste concelho entre sexta-feira e este domingo.

 

O presidente da Câmara, José Manuel Carpinteira, e a Vice-Presidente da Câmara, Ana Paula Xavier, voltaram a vestir as personagens de D. Sancho I e D. Dulce de Aragão, respetivamente.

 

Recorde-se que este foi um evento que pretendeu assinalar a atribuição da Cara de Foral por parte daquele rei àquela povoação que começou por chamar-se Contrasta.

 

A liça [arena de combate] foi rodeada de centenas de pessoas. Portugueses e galegos mostravam-se expectantes sobre o que iria ali acontecer. Esperava-se espetáculo.

 

Os atores não desiludiram. Criou-se um cenário de competição entre duas equipas: portugueses contra mercenários sem terra. E o público – incluindo os galegos – aplaudiam longamente os portugueses.

 

Houve combates apeados e provas de perícia a cavalo que fizeram as delícias de miúdos e graúdos. No final, o rosto de satisfação entre todos era geral.

 

Ainda com o traje de D. Sancho I, o presidente da Câmara também sorria, visivelmente satisfeito, deixando antever que este evento não vai claramente ficar por aqui.

 

 

Veja o vídeo:

 

 

Antes do torneio propriamente dito, teve lugar mais um desfile que percorreu as principais ruas do Centro Histórico de Valença. Nas bermas, a multidão fotografava e acenava aos figurantes que encantavam uma povoação que outrora foi Contrasta.

 

 

Veja a galeria de fotos [Rádio Vale do Minho]

 

 

 

 

 

 

O rei D. Sancho I teve como uma das principais prioridades povoar o reino. Pessoas… muitas pessoas para dar continuidade a um país ainda novo chamado de Portugal. Ficou conhecido como O Povoador.

 

A história e as origens mais evidentes do desenvolvimento de Valença encontram-se estreitamente ligadas à presença do rei D. Sancho I. Este monarca português decide dar inicio a uma série de tentativas de ocupação das localidades de Tui e Pontevedra.

 

É no quadro destes conflitos entre Portugal e Espanha que Valença, à época conhecida por Contrasta ganha, por volta de 1200, um protagonismo inédito. A posição estratégica, entre o rio Minho e a velha estrada romana, Contrasta constituía o local ideal para vigiar os ataques galegos e para planear as investidas sobre Pontevedra e Tui.

 

A importância que a antiga via romana ganha enquanto local de peregrinação rumo ao túmulo de Santiago, para a qual confluíam peregrinos e viajantes de toda a Península Ibérica.

 

Esta conjugação de fatores levou o rei D. Sancho I a outorgar a sua primeira carta de foral e a aqui decidir erguer uma construção defensiva de carácter permanente – afirmando uma linha de fronteira natural que o rio já estabelecia.

 

[Fotografias capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas