PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Valença quer melhorar qualidade das cantinas escolares (e já há medidas)

21 Março, 2022 - 01:33

585

1

Vereador da Educação realizou várias reuniões e almoçou na escola.

O Município de Valença quer melhorar a qualidade das cantinas escolares. Neste sentido, o vereador da Educação, Arlindo Sousa, realizou recentemente um conjunto de reuniões para avaliar o serviço de alimentação dos alunos no Agrupamento de Escolas Muralhas do Minho, naquele concelho.

 

A ronda de encontros, segundo a autarquia, iniciou-se com duas técnicas nutricionistas da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGestE), que avaliaram as ementas servidas aos alunos das nossas escolas e visitaram a cantina da Escola Secundária, transmitindo informações alusivas à confeção e empratamento das refeições às cozinheiras e ajudantes de cozinha.

 

Seguiu-se uma reunião com a empresa fornecedora dos alimentos dos nossos refeitórios escolares, Uniself, à qual se exigiram garantias da prestação de um serviço competente no abastecimento de matéria-prima de qualidade e na criatividade na elaboração das ementas.

 

 

Vereador da Educação foi analisar como se processam as refeições na cantina escolar da EB 2,3/S

[Fotografia: Município Valença]

 

 

Foi depois realizado um acompanhamento das refeições e um almoço no refeitório da Escola EB 2,3/S do Agrupamento, seguindo-se nova reunião com o Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas do Concelho de Valença, Carlos Amoedo, e a Diretora do Agrupamento de Escolas, Olinda Sousa, para discutir as conclusões extraídas deste leque de encontros de trabalho.

 

 

Assim, em nota enviada à Rádio Vale do Minho, o Município de Valença garante que vai “diligenciar esforços” no sentido de:

 

  • Rever e avaliar o Caderno de Encargos com a atual empresa de fornecimento das cantinas escolares, a Uniself;
  • Capacitar os assistentes operacionais de cozinha e fiscalizar periodicamente o funcionamento dos refeitórios;
  • Capacitar os Técnicos de Educação do Município para um acompanhamento adequado de todas as escolas do concelho;
  • Criar uma caixa de sugestões/reclamações nas cantinas escolares, onde os alunos possam opinar sobre a alimentação que lhes é disponibilizada;
  • Estabelecer um conjunto de normas de monitorização das refeições escolares por parte dos representantes da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas.

 

 

“A alimentação e o bem-estar das nossas crianças e jovens, em contexto escolar, são uma prioridade do Município de Valença”, assegura a autarquia valenciana.

 

 

[Fotografia capa: Ilustrativa/DR]

Últimas