PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

1

0

Valença

Valença/Fontoura: Menina russa de 12 anos apareceu na Junta e doou brinquedos

12 Março, 2022 - 22:12

1606

0

Solidariedade.

“Tenho vergonha de ser russo”. O desabafo foi proferido há dias, na Junta de Freguesia de Fontoura, em Valença, por um pai de família de nacionalidade russa a viver naquela freguesia.

 

“O senhor aparentava uns 50 anos. Soube que estávamos a angariar bens essenciais para enviar para a Ucrânia e apareceu cá. Ao chegar aqui disse-me isso. Fiquei sem reação, obviamente”, contou à Rádio Vale do Minho o presidente da Junta de Fontoura, André Rodrigues.

 

Mas a situação ganhou contornos mais emotivos.

 

“Ele vinha acompanhado da filha, com 12 anos de idade. São uma família carenciada”, prosseguiu o autarca. “Não tendo possibilidades de doar alimentos, a menina veio cá e doou alguns brinquedos para crianças ucranianas”.

 

André Rodrigues diz ter ficado “sem palavras” com o gesto da menina.

 

 

Meia tonelada de bens angariados

Durante aproximadamente uma semana a Junta de Freguesia de Fontoura, por iniciativa própria, conseguiu recolher “cerca de meia tonelada” de bens essenciais destinados ao povo ucraniano, vítima de invasão por parte da Rússia.

 

 

Junta de Freguesia de Fontoura angariou cerca de meia tonelada de bens essenciais a favor do povo ucraniano
[créditos: JF Fontoura]

 

 

Entre alimentos, vestuário e brinquedos, foi tudo conseguido “graças à solidariedade dos fontourenses” que também contribuíram para esta causa. 

 

A mercadoria já foi enviada para Viana do Castelo, de onde seguirá depois para a Ucrânia.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/Ana Ribeiro Redes Sociais]

Últimas