PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Vale do Minho: Aí estão as ‘bikes’ elétricas que nos ligam à Galiza – Presidentes deram o exemplo [FOTOS]

6 Julho, 2022 - 15:05

888

0

Mobilidade sustentável.

Foi oficialmente inaugurado esta quarta-feira, em Valença, o sistema de partilha de bicicletas elétricas que envolve uma parceria do AECT Rio Minho com as Eurocidades Valença/Tui; Monção/Salvaterra de Miño; e Cerveira/Tomiño. 

 

Uma apresentação sem muitos blas blas. Pouca teoria e muito mais prática, para demonstrar toda a funcionalidade do projeto. 

 

Os presidentes de Câmara dos Municípios envolvidos deram o exemplo. Mostraram que têm pedalada e lá foram em passeio, num trajeto inaugural acompanhado por outros jovens ciclistas que quiseram participar.

 

Rui Teixeira, diretor do AECT Rio Minho e presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira, enalteceu “um projeto muito importante que vem de encontro à sustentabilidade ambiental, ao estilo de vida saudável e que vai sem dúvida promover a vertente turística”.

 

“Estas bicicletas vão reforçar a união da Eurocidade Valença/Tui e proporcionar uma nova oportunidade de descobrir este território aos residentes e aos turistas, numa mobilidade sustentável”, disse José Manuel Carpinteira, presidente da Câmara de Valença.

 

Já de capacete e pronto a arrancar estava António Barbosa. O autarca de Monção considera que este projeto permite “mobilidade suave, cooperação transfronteiriça e valorização paisagística dos territórios”, garantindo, paralelemente, “reforço da oferta turística a quem visita a nossa região”.

 

Referindo que a ponte entre a Monção e Salvaterra é a terceira do país em termos de circulação, António Barbosa assinalou que “o projeto de requalificação da travessia fluvial, com colocação de tabuleiro para peões e bicicletas, está em desenvolvimento, cumprindo-se todas as etapas necessárias”.

 

 

Veja as galerias de fotos:

 

Pelo AECT Rio Minho

 

 

Pelo Município de Valença

 

 

Pelo Município de Monção

 

 

Desenvolvida no âmbito do projeto Smart_Minho, cofinanciado pelo Interreg V-A, esta rede de circulação suave em transporte não poluente contribuirá para melhorar a mobilidade, assegurando ganhos na saúde pública, quer pelo bem-estar que proporciona quer pelo exercício físico que promove junto dos seus utilizadores

 

O projeto vai disponibilizar um total de 46 bicicletas elétricas. 

 

 

[Fotografias capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas