PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Galiza

Portugueses, galegos e CE analisam financiamento para modernização da ligação ferroviária Porto-Vigo

8 Novembro, 2012 - 08:55

59

0

Os responsáveis do Eixo Atlântico reúnem, esta quinta-feira, na Galiza (Espanha), com representantes da Comissão Europeia para estudar o financiamento comunitário à modernização da ligação ferroviária entre Porto e Vigo.

Os responsáveis do Eixo Atlântico reúnem, esta quinta-feira, na Galiza (Espanha), com representantes da Comissão Europeia para estudar o financiamento comunitário à modernização da ligação ferroviária entre Porto e Vigo.

A reunião vai decorrer em Monforte de Lemos e envolverá ainda a presença dos representantes do Governo Regional galego e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte.

O fórum «Mobilidade, redes transeuropeias e Logística», promovido pelo Eixo Atlântico, entidade que reúne as 34 maiores cidades do Norte de Portugal e da Galiza, deverá contar com a presença do coordenador europeu das Redes Transnacionais, Carlo de Grandis bem como de responsáveis da REFER – Rede Ferroviária Nacional e com o diretor-geral dos Caminhos-de-Ferro de Espanha, Manuel Niño.

O presidente do Eixo Atlântico, José Maria Costa, refere que o encontro assume especial importância por se realizar pouco tempo antes de a Comissão Europeia abrir uma convocatória não prevista, no final do mês de Novembro, de fundos comunitários especificamente destinada a infraestruturas ferroviárias e que se vão ver materializados entre 2013 e 2014.

A reunião esta quinta-feira vai ser importante, diz José Maria Costa, para garantir financiamento dos fundos estruturais a definir para o período de 2014 a 2020 para a beneficiação dos troços entre Viana e Valença, Valença e Tui e Tui – Vigo, é agora a aposta da associação transfronteiriça que reúne as 34 maiores cidades do Norte de Portugal e da Galiza.

Relativamente ao troço Nine-Viana, a modernização da ligação ferroviária deverá ter inicio, no próximo ano, com a eletrificação e sinalização dos cerca de 70 quilómetros.

A intervenção representará um investimento de cerca de 40 milhões de euros financiados por fundos, entretanto libertados através da reprogramação do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

A modernização da ligação ferroviária entre as duas maiores cidades do Norte de Portugal e da Galiza, com especial incidência na Linha do Minho, foi apresentada na Comissão Europeia como “uma prioridade” pelos governos de Portugal e Espanha para potenciar a ligação entre Porto e Vigo.

Prevê-se um investimento global que poderá rondar os 180 milhões de euros e uma comparticipação por fundos comunitários até 85%.

O objetivo é apresentar uma ligação ferroviária entre Porto e Vigo de “elevada prestação”, ou seja, em menos de metade das mais de duas horas que leva atualmente a assegurar o mesmo serviço.

Últimas