PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Vale do Minho

Alto Minho: Este foi um dos 24 melhores destinos turísticos de 2022… e é nosso!

23 Dezembro, 2022 - 00:01

757

1

Turismo.

A Rota Fluvial do Rio Minho está entre os 24 sítios novos (ou renovados) que devia ter visitado em 2022. Um ranking elaborado pelo Sapo, que mostra os novos ou renovados espaços que surgiram em todo o país este ano.

 

“Criaram-se feiras e mercados, museus, reabilitaram-se edifícios históricos, abriram-se trilhos e os bons portugueses passadiços que valem a pena numas férias ou numa escapadela de fim de semana”, lê-se.

 

Ora, entre os 24 “sítios” selecionados, está o Rio Minho, com a Rota Turística Fluvial.

 

“Quatro concelhos do Minho e da Galiza juntaram-se para tornar esta fronteira entre Portugal e Espanha um destino navegável.  A partir do cais flutuante da Lodeira, Monção, ou de Valença, vai-se a Tui ou a Salvaterra do Minho de barco e o potencial é maior do que um mero passeio de um dia por terras galegas. Este é um local privilegiado para a observação de aves, desportos náuticos e usufruto da intensa paisagem minhota”, descreve o Sapo.

 

Neste ranking, a Rota Fluvial do Rio Minho aparece ao lado de novos ou renovados locais emblemáticos como o Mercado do Bolhão (Porto); o Jardim Sensorial do Jardim Botânico (Lisboa); o Miradouro dos Piornos (Covilhã); o Castelo de Leiria; o Navio-hotel Costa do Sal (Aveiro); entre outros.

 

 

Mais de 5.000 passageiros e 350 viagens em oito meses

Entre fevereiro e outubro, a Rota Fluvial do Rio Minho registou 5.400 participantes. Foram realizados 350 passeios de curta distância e 100 rotas de larga distância. Os dados foram revelados pelo Município de Monção.

 

“Além de proporcionar passeios fluviais relaxantes, a Rota Fluvial do Rio Minho, que decorreu entre fevereiro e outubro, deu a conhecer o diversificado património natural, cultural e etnográfico das duas Eurocidades (Monção – Salvaterra de Miño e Valença – Tui) que integram este projeto, posicionando o rio Minho como um destino turístico único e diferenciador”, recorda a autarquia monçanense.

 

Apresentada no dia 17 de dezembro de 2021, no cais de embarque de Salvaterra do Miño, a Rota Fluvial do Rio Minho disponibilizou passeios curtos, com duração de uma hora, e passeios largos, com duração de um dia inteiro, proporcionando visitas aos centros históricos das quatro localidades e degustação de produtos locais.

 

“O resultado da iniciativa, concluída na segunda-feira, 31 de outubro, foi bastante positivo, confirmando, por um lado, a forte atratividade desta região junto dos visitantes e, por outro, a navegabilidade do rio Minho entre as duas Eurocidades”, referiu a edilidade presidida por António Barbosa.

 

Promovida na FITUR, Feira de Turismo de Madrid, e na BTL, Feira de Turismo de Lisboa, a rota fluvial entrou em funcionamento em finais de fevereiro, coincidindo com o período de Carnaval. Face à procura, na Páscoa e no verão, houve a necessidade de alargar os horários.

 

A Rota Fluvial do Rio Minho permitiu o reforço do relacionamento entre os parceiros do projeto Rio Minho: Um Destino Navegável“já bastante positivo, e contribuiu para alargar a oferta turística, cultural e patrimonial dos quatro municípios banhados pelo rio Minho”.

 

Inserindo-se no projeto “Rio Minho: Um Destino Navegável”, apoiado pelo Programa INTERREG V–A España – Portugal (POCTEP) 2014-2020, a rota fluvial envolveu as Eurocidades Monção – Salvaterra de Miño e Valença – Tui, bem como os seguintes parceiros: Porto e Norte de Portugal, Axencia de Turismo de Galicia e Dirección Xeral do Patrimonio Natural da Xunta de Galicia.

 

 

[Fotografia: Município Monção]

Tópicos:

#Rio Minho#Turismo

Últimas