PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Destaques
Paredes de Coura

P. Coura: Rua principal da vila está cheia de ‘meninos-voadores’ – Saiba o que significam

30 Julho, 2021 - 14:12

61

0

PUB Quem passa pelo centro da vila de Paredes de Coura não fica indiferente à decoração da rua principal da vila. Chama-se meninos-voadores e é uma instalação assinada por Madalena […]

PUB

Quem passa pelo centro da vila de Paredes de Coura não fica indiferente à decoração da rua principal da vila. Chama-se meninos-voadores e é uma instalação assinada por Madalena Martins. Todos com rostos e cores diferenciadas, cuja a ideia é mostrar crianças “vindas dos diferentes continentes, para combater a tristeza que esta pandemia provocou e que nos remete para o saudoso Mundo ao Contrário.

O Mundo ao Contrário, recorde-se, é uma iniciativa que – em anos normais – se realiza neste concelho habitualmente em finais de julho e que traz à vila dezenas de artistas de rua. Artes circenses espalham-se por toda a vila, fazendo as delícias de miúdos e graúdos. Este ano, uma vez mais e devido às medidas de contenção da propagação da COVID-19, não poderá realizar-se nos moldes habituais.

Mas nem tudo se perde. Portugal está prestes a arrancar com três níveis de desconfinamento, já a partir de domingo, e a vida tem mesmo de continuar. Paredes de Coura não é exceção e música não vai faltar.

Os acordes dos Galandum Galundaina, Rainhas do AutoEngano e Guitolão Trio emprestam este fim de semana o toque tradicional ao Ciclo de Polinização Musical de Paredes de Coura, que ao longo de nove fins de semana, desde junho a outubro, têm trazido a esta vila no coração do Alto Minho música clássica, jazz e tradicional.

Paralelamente, os Gooze, nove músicos de sopro e percussão, percorrem as ruas da vila transmitindo uma energia contagiante ao estilo Marching Band.

“Com o Ciclo de Polinização Musical promovido pelo Município de Paredes de Coura, em parceria com a Associação Cultural Landra e a Porta-Jazz, desenvolvido no âmbito do programa Cultura em Rede, procura-se não só espalhar a música como veículo privilegiado da cultura, como também ampliar o impacte positivo de atividades musicais na região e na sua atividade turística”, refere a autarquia.

Paralelamente aos concertos, o programa privilegia também atividades ao ar livre como caminhadas e workshops temáticos e artísticos, que pretendem aproximar a população local e os visitantes da relação com a música e a natureza, que se tem vindo a desenvolver ao longo dos anos através de diferentes iniciativas.

Estas atividades foram pensadas para promover a partilha e a relação intergeracional, sempre que possível entre pessoas do mesmo agregado familiar e que os courenses saberão acolher com redobrado entusiamo.

Por sua vez, e à semelhança de anos anteriores e em diferentes épocas do ano, Paredes de Coura volta a acolher bandas de rua que dão um colorido e animação muito especiais.

Para este fim de semana há os Gooze, conhecidos pelas versões acústicas que fazem de música house e techno, transpondo o ambiente das discotecas para as ruas. Os Gooze trazem energia e euforia, num ambiente de festa contagiante.

 

 

Veja a galeria de fotos [créditos: Cecília Pereira – Grupo FB Terra Amada]

 

 

PUB

Últimas