PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Paredes de Coura

P. Coura: Município aposta no futuro e investe 400 mil euros na transição digital

15 Janeiro, 2022 - 16:46

893

0

Fornecidos e instalados 80 computadores no Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura.

Paredes de Coura vai investir 400 mil euros na transição digital do concelho. Uma iniciativa que, explica a autarquia, se traduz em “várias medidas que visam preparar as gerações futuras para um mercado profissional que não se conhece e profissões que ainda não foram inventadas.”

 

“Temos de preparar os nossos alunos, os nossos jovens para os desafios de uma sociedade em constante mudança que consiga conciliar a inovação tecnológica com os modos de fazer, sejam eles tradicionais ou contemporâneos. Imaginar um ambiente de trabalho totalmente livre da presença de seres humanos não passa de ficção científica”, considera o presidente da Câmara, Vítor Paulo Pereira.

 

“Mesmo os robôs mais avançados precisam da presença de técnicos especializados para sua manutenção e programação e além do mais será sempre necessária a mão humana como ferramenta produtiva”, sublinhou.

Assim, o autarca socialista defende que “a escola tem de ser um lugar aberto à modernidade tecnológica, sem, contudo, ficarmos deslumbrados e esquecermos as boas práticas do ensino tradicional. Contudo, é obvio que as novas tecnologias são ferramentas fundamentais para promoverem a inovação no processo de ensino-aprendizagem, ao mesmo tempo que estimulam a criatividade e a inovação”, salientou.

80 novos computadores no Agrupamento de Escolas

Dentro desta estratégia de Educação para a transição digital do Município foram fornecidos e instalados 80 computadores no Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura para reforço das condições de acesso à informação e digitalização.

 

Paralelamente, estão em funcionamento e implementação duas incubadoras, a Elevadora e a Empreende Makers, que apostam num plano de formação gratuito que tem em vista estimular a criação e o empreendedorismo.

 

“A cultura maker está entre nós. Sentimos que os nossos jovens têm a vontade de construir, consertar, modificar e produzir os seus próprios objetos. É esta capacidade de explorar o que está ao nosso alcance, que ajudará os nossos jovens a serem mais criativos, através das oportunidades e das potencialidades das novas tecnologias”, explicou Vitor Paulo Pereira, acrescentando que a formação gratuita é feita, preferencialmente, em horário não laboral e destina-se a todos os públicos, abarcando áreas como a robótica, a testagem de programação, o inglês para o mundo empresarial, e as ações que incorporam a filosofia maker (impressão 3D, o têxtil, corte laser).

 

“Ferramentas preciosas para os jovens courenses poderem encarar o futuro, com as quais é possível aprender a fazer a sua própria roupa, uma peça industrial ou inventar um utensilio de cozinha, ou até construir um ninho de pássaros”, concluiu o autarca courense.

 

 

[Fotografia: Município Paredes de Coura]

Últimas