PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Paredes de Coura

P. Coura: Este fruto foi elevado a Património Vegetal de Interesse Municipal

12 Setembro, 2021 - 19:18

164

0

PUB Chama-se Camoesa de Coura. O nome poderá dizer pouco a muitos, mas às gentes da vila de Paredes de Coura é algo que está profundamente enraizado no coração. Trata-se […]

PUB

Chama-se Camoesa de Coura. O nome poderá dizer pouco a muitos, mas às gentes da vila de Paredes de Coura é algo que está profundamente enraizado no coração. Trata-se de uma variedade de maçã cultivada naquele concelho e cujas origens do nome se perdem nos tempos.

Com o objetivo de preservar o património frutícola do concelho, a Assembleia Municipal de Paredes de Coura aprovou – por unanimidade – a elevação desta variedade a Património Vegetal de Interesse Municipal.

Os alertas para o perigo do desaparecimento desta e de outras variedades únicas do fruto na região já vinham e continuam a ser dados. Exemplo disso foi o aviso deixado em 2015 por Raúl Rodrigues, professor na Escola Superior Agrária de Ponte de Lima.

Já catalogou praticamente todos os tipos de maçãs existentes no Minho. Em declarações ao portal Reporter Sombra, o docente alertou para o perigo do desaparecimento de algumas variedades de maçãs existentes no Minho. Entre elas… a Camoesa de Coura.

Lamentou a preferência dos consumidores por “variedades comerciais” em vez de optarem pelas “endógenas”. “O desenvolvimento de uma região deve assentar naquilo que é nosso. Que nos carateriza”, defende.

 

[Fotografia: Cecília Pereira / Grupo FB Terra Amada]

 

PUB

Últimas