PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Paredes de Coura

P. Coura: Concurso ‘Conhecei a Nossa Terra’ atingiu nível de qualidade “nunca antes visto”

16 Abril, 2023 - 12:45

1239

0

Concurso é das atividades mais antigas da associação e, provavelmente, de todo o concelho.

“Espetacular! De um nível criativo e cultural nunca antes visto em mais de 30 anos!”.

 

As palavras são do júri do concurso Conhecei a Nossa Terra que este sábado regressou em grande à Associação de Padornelo, após um interregno de quatro anos devido às restrições pandémicas.

 

Auditório cheio, gargalhadas e muitos aplausos marcaram uma noite de “elevadíssimo conteúdo e onde todos saíram mais ricos”, enalteceram ainda os árbitros.

 

Este é um concurso que, convém salientar novamente, já se realiza há mais de 30 anos naquele local.

 

Desde a primeira edição, conquistou a atenção da comunidade da freguesia de Padornelo e de dezenas de pessoas vindas de freguesias limítrofes.

 

Frente a frente, nesta edição, estiveram duas equipas: a da casa e, este ano, a Associação Movimento Incriativo, de Ponte da Barca.

 

Pelo palco passaram provas de dança, interpretação musical, questionário sobre cultura local, entrevista a pessoas conhecidas da freguesia ou do concelho e provas de teatro.

 

No final, aos microfones da Rádio Vale do Minho, a presidente da Associação de Padornelo, Carla Lima, quase não cabia em si de contentamento.

 

“Fomos uns sortudos. A equipa que nos visitou foi fantástica. Foi uma noite memorável!”, qualificou a dirigente. “A própria preparação do concurso já é uma vitória para cada equipa. No entanto, hoje a partilha e a vivência com o público foi mesmo incrível”, acrescentou.

 

A vitória sorriu à equipa da casa… mas por uma nesga. Apenas escassos três pontos: 65 contra 68.

 

O próprio júri fez questão de salientar que “as duas equipas estiveram num nível muito alto e muito idêntico como nunca antes tinha sido visto. O vencedor foi apenas por uma questão matemática, porque na realidade venceram os dois grupos”.

 

Formado por três elementos – ligados às áreas do teatro, da música, e do jornalismo – o júri deveria ter incluído ainda dois representantes dos Municípios em palco.

 

No entanto, para grande surpresa de todos, essas duas cadeiras permaneceram vazias durante todo o espetáculo.

 

Esta ausência foi profundamente lamentada por parte dos restantes elementos do júri.

 

Este concurso foi, uma vez mais, organizado pela Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo, que celebrou 36 anos de existência.

 

 

No final da festa, a Associação de Padornelo soprou as velas dos 36 anos

[Fotografia: Cecília Pereira]

 

 

 

[Fotografia capa: Rádio Vale do Minho]

Tópicos:

#Cultura

Últimas