PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

7

4

Monção

Monção: Vem aí um gigante ‘Vegan’ para o Pólo da Lagoa – 15 milhões de euros de investimento

22 Setembro, 2021 - 18:52

13328

0

Vão ser criados 45 postos de trabalho qualificado e ultra-qualificado.

A empresa chama-se Be Vegan Foods. Trata-se de uma das maiores no ramo do fabrico, comercialização, distribuição e representação de produtos alimentares de origem biológica e natural. Vai instalar-se no Pólo Industrial da Lagoa, em Monção.

 

O anúncio foi feito esta quarta-feira pelo Vice-Presidente da Câmara, João Oliveira (PSD), na última reunião do Executivo Municipal do mandato. Sessão em que foi aprovada por unanimidade a aquisição de 6.000 metros quadrados naquela zona industrial.

 

Um investimento de 15 milhões de euros que irá criar 45 postos de trabalho qualificado e ultra-qualificado.

 

“Fechamos o mandato com chave d’ ouro!”, disse João Oliveira, presidente de Câmara em exercício. E fez de imediato um esclarecimento. “Foi uma coincidência feliz este assunto estar presente na última reunião de Câmara. Tivemos conhecimento desta possibilidade de um investimento muito forte e conseguimos trazer todo este investimento para Monção… que é muito dinheiro!”, exclamou.

 

“Vão ser criados 45 postos de trabalho. Desses, 35 são qualificados e 10 são super especializados ou seja, para pessoas com doutoramento e qualificações superiores”, explicou João Oliveira.

 

“Em velocidade cruzeiro, esta empresa prevê uma faturação na ordem dos 36 milhões de euros. Para além da produção de alimentos vegan, baseados em agricultura biológica e privilegiando os produtores locais, vai também ter aqui um centro de investigação e desenvolvimento de novos produtos”.

 

Ora, apurou a Rádio Vale do Minho, que a Be Vegan Foods apresenta-se como tendo a “missão e desenvolvimento de alimentos vegetais de qualidade única e excelente em termos qualitativos, produzidos em Portugal e fabricados com matérias-primas naturais provenientes da agricultura biológica, que incluem queijos orgânicos veganos, hambúrgueres veganos, pastelaria vegan e sanduíches veganas”.

 

Trata-se de uma empresa que vende os seus produtos não só para Portugal mas também para a Finlândia e Letónia. A curto prazo, sabe também a Rádio Vale do Minho, a empresa pretende entrar também nos mercados da Dinamarca, Suécia, Reino Unido, Estados Unidos da América e países asiáticos.

 

“Além do próprio investimento em si ser muito significativo para Monção, vai conseguir fixar ainda mais jovens no nosso concelho!”, realçou João Oliveira. “Vai criar um investimento que nos servirá de âncora e que irá depois permitir a captação de outros investimentos sucedâneos que irão alimentar esta área”.

 

 

Be Vegan Foods vai instalar-se em Monção – 15 milhões de investimento

[Fotografia: FB Veganbiofoods]

 

 

Defende a nova empresa que “a carne cultivada (carne in vitro) pode evidenciar vantagens financeiras, na área da saúde e do bem-estar animal, para além das vantagens ambientais quando confrontada com a carne convencional”.

 

Mas não é tudo. Adiantou ainda João Oliveira que, “mais tarde”, a empresa “pretende dispor de um restaurante totalmente Vegan, pioneiro a nível mundial em certas particularidades”.

 

A sede fiscal, até ao momento noutro concelho, passará a estar em Monção. Como tal, frisou ainda o autarca, ficará isenta do imposto da derrama. “Muito honestamente, não poderíamos terminar o mandato da melhor forma!”, referiu o vice-presidente.

 

PS deu luz verde total

Do lado da vereação socialista, nenhum entrave a registar. “A partir do momento em que se criam empregos em Monção e empregos de qualidade como são estes, são sempre bem-vindos”, disse o vereador Manuel José Oliveira.

 

No entanto, sugeriu que fosse a partir de agora exigida a todas as empresas que se instalassem no concelho uma “contrapartida social” e, com isto, “reforçar o programa Monção Social“.

 

Por sua vez, o vereador Paulo Esteves saudou o que considerou ter sido um “esforço na captação de investimento para Monção”.

 

 

[Fotografia: Arquivo / DR]

Últimas