PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção vai investir 2,5 milhões em estradas no próximo ano

30 Dezembro, 2022 - 16:10

1237

3

Orçamento votado favoravelmente por todos os Presidentes de Junta, pelo segundo ano consecutivo.

O Município de Monção vai investir, no próximo ano, 2.500 milhões de euros em estradas, “em 25 freguesias”, no próximo ano. A certeza está vertida nos Documentos Previsionais para 2023 aprovados, por maioria esta quinta-feira em sessão ordinária da Assembleia Municipal. 

 

Os documentos ascendem a um valor global de 29,8 milhões de euros.

 

Para além deste investimento, ainda no que concerne às freguesias, a autarquia presidida por António Barbosa vai manter a transferência direta de um milhão e 750 mil euros para as freguesias do concelho sendo que, de acordo com o documento, há ainda um bónus de 250 mil euros que vai ser atribuído ao projeto de requalificação das margens do rio Mouro.

 

Durante a apresentação, o Presidente da Câmara destacou desde logo os “aumentos salariais e contratos de trabalho para trabalhadores”. São 6,9 milhões de euros neste campo. “Temos cerca de 340 trabalhadores dos quais 149 são afetos à educação”, lembrou o autarca.

 

 

Mais apoio às famílias em 2023

Nas questões sociais, António Barbosa sublinhou o empenho do Município em apoiar as famílias. Recordou a recente distinção de Monção, pela terceira vez consecutiva, como concelho familiarmente responsável.

 

Assim, aos monçanenses, será devolvido 60% do IRS no próximo ano. Uma devolução que, pelas contas da autarquia, vai totalizar quase 379 mil euros. Desde 2018, salientou o autarca, o Município já devolveu aos munícipes mais de 1,5 milhões de euros.

 

O IMI continuará em 2023 à taxa mínima (0,3%), sendo que haverá uma redução consoante o número de dependentes: um (20 euros); dois (40 euros); três ou mais (70 euros).

 

Na Educação, a oferta de fichas escolares vai manter-se bem como os transportes escolares gratuitos.

 

 

Mais de quatro milhões em dois bairros até 2025

Na Ação Social, previstos 100 mil euros para o programa Monção Social, com Medicamentos, Transportes doentes não urgentes, 1ª infância, Bens de apoio, Creches e reabilitação de habitações degradadas. Sendo que existirão mais 100 mil euros de reserva direcionados a este programa “como medida de apoio a famílias se necessário”, explicou António Barbosa.

 

Só em intervenções previstas no Bairro da Imaculada Conceição e no Bairro das Forças Armadas, o Município prevê investir mais de 4 milhões de euros até 2025.

 

A requalificação do Parque escolar é outra das grandes apostas do atual Executivo para 2023. No total, vão ser investidos mais de 444 mil euros.

 

 

Turismo

Incontornavelmente, o Turismo leva também uma fatia significativa neste orçamento: mais de um milhão e 100 mil euros. A requalificação das Margens do rio Mouro (250 mil euros); a Ecovia do Rio Minho (250 mil euros) e o Ecoparque de Tangil (208 mil euros) levam os maiores montantes.

 

Na Proteção Civil, destaque para uma verba superior a 136 mil euros para os Bombeiros Voluntários de Monção, “para além do apoio no pagamento integral de uma ambulância e da nova central de comunicações”.

 

Na votação, os documentos foram aprovados com 40 votos a favor e oito abstenções. Pelo segundo ano consecutivo, todos os Presidentes da Junta do concelho votaram favoravelmente.

 

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas