PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Autárquicas

Monção: PSD inaugurou sede de campanha «com vida e onde todos serão bem recebidos»

31 Julho, 2017 - 12:42

116

0

Novo espaço está localizado próximo da Biblioteca Municipal.

Várias dezenas de simpatizantes da candidatura do PSD Monção às próximas eleições autárquicas marcaram presença este domingo na cerimónia de inauguração da sede de campanha do partido. Paredes meias com a Biblioteca Municipal, este será um “um espaço com vida, aberto e onde todos serão bem recebidos”, disse desde logo no seu discurso o candidato à Câmara Municipal, António Barbosa.
Mas o líder do PSD até começou a sua intervenção com uma nota de humor. Entre a plateia encontrava-se um simpatizante daquela candidatura que, por mero acaso, vestia um pólo desportivo com o número 3 bordado no peito e nas costas. “Serve para nunca nos esquecermos daquilo que aconteceu há quatro anos atrás!” [O PSD perdeu a Câmara, em 2013, apenas por três votos]. Enorme gargalhada geral. “Todos temos de trabalhar para garantirmos que este ano isso não vai acontecer!”. Foi o primeiro aplauso da tarde para o candidato social-democrata.
Num discurso muito mais breve do que os feitos recentemente, António Barbosa fez questão de realçar que a divulgação da inauguração daquele novo espaço não foi feita de forma tão massiva como os eventos anteriores. O candidato justificou com as reduzidas dimensões do espaço relativamente, por exemplo, à Quinta de Rodas e à tenda colocada na Praça Deu-la-Deu no passado dia 9 de junho. Voltou a apelar ao voto. Alertou para o pouco tempo que falta até ao dia 1 de outubro. “Cada vez são mais a acreditar no nosso projeto! Os eventos que temos organizado são prova viva disso mesmo”.
O candidato focou-se de seguida na sua equipa de comunicação. Desfez mitos. “Dizem por aí que até contratei uma grande equipa vinda do Porto e «do fim-do-mundo». Não! Esta grande equipa é toda ela formada por jovens que são de Monção e só de Monção”, assegurou António Barbosa. “Já demonstrámos que em Monção temos gente competente para tudo e mais alguma coisa. Temos um concelho parado, que não é divulgado lá fora e eu pergunto: E esta gente, que tem feito uma campanha extraordinária, porque é que não é aproveitada?”, questionou. “Será que não temos recursos internos para colocar Monção no mapa? Acho que temos! Temos não só um conjunto de gente jovem licenciada em diversas áreas como também gente válida com cursos e sem cursos que tem de ser – de uma vez por todas – aproveitada de forma séria”, considerou. Virou baterias à esquerda. “Não basta dizer que «Somos Monção!» e no dia a seguir às eleições isso desaparecer, deixando de acreditar no concelho e nas pessoas que fazem parte dele”, concluiu. Novo e longo aplauso para António Barbosa que não abandonou o palanque sem fazer um brinde com todos os presentes. «Muralhas de Monção» foi o néctar eleito. Barbosa levantou o copo. O público acompanhou. “Por Monção!”, finalizou.
Em 2013, para a Câmara Municipal de Monção, o PS obteve 37,96% dos votos. O PSD ficou logo atrás com 37,92%. A taxa de abstenção no concelho foi de 41%. As próximas eleições autárquicas realizam-se no dia 1 de outubro.

Últimas