PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Destaques
Monção

Monção: Acabou o Fundo de Maneio na Câmara Municipal!

25 Outubro, 2017 - 23:30

96

2

Acabou o Fundo de Maneio na Câmara de Monção. António Barbosa prometeu… e cumpriu. Foi desta forma que o presidente da Câmara deu o pontapé de saída na primeira reunião […]

Acabou o Fundo de Maneio na Câmara de Monção. António Barbosa prometeu… e cumpriu. Foi desta forma que o presidente da Câmara deu o pontapé de saída na primeira reunião do novo Executivo Municipal, realizada esta quarta-feira. A promessa já vinha do passado mês de junho. Na apresentação pública da sua candidatura, na praça Deu-la-Deu, o então candidato pelo PSD mostrou-se tremendamente revoltado com esta ‘ajuda’. Eram cerca de mil euros para “presidente e vereadores gastarem naquilo que bem entenderem”. Essa regalia terminou.

António Barbosa: “Não iremos apresentar proposta para fundos permanentes neste mandato.”

“Não iremos apresentar proposta para fundos permanentes neste mandato”, garantiu o novo presidente da Câmara. “Quando for necessário na Câmara Municipal de Monção fazer algum pagamento para ir à Conservatória ou outro lado qualquer, o presidente da Câmara pagará do seu bolso e depois será ressarcido pelos serviços”, disse. “O chamado Fundo de Maneio não existirá no mandato liderado por mim”, concluiu.

Recorde-se que este compromisso de António Barbosa tem ainda um ‘segundo capítulo’. Durante a cerimónia de apresentação da candidatura, o então cabeça-de-lista defendeu uma Câmara a oferecer os livros escolares até ao 2º ciclo. Barbosa fez as contas e explicou onde vai buscar o dinheiro. “Ao fundo de maneio que a nossa Câmara continua a autorizar ao fim destes quatro anos”. Foi coberto de aplausos nessa noite de 9 de junho.

 

Executivo já tem pelouros atribuídos

 

Durante a primeira reunião do Executivo Municipal de Monção deste mandato foram dados também a conhecer os pelouros atribuídos a cada vereador. António Barbosa, presidente da Câmara, fica previsivelmente com a pasta das Finanças e tudo o que diga respeito ao desenvolvimento económico do concelho; João Oliveira (vice-presidente), estará encarregue das atividades socioculturais; Natália Rocha terá sob sua responsabilidade a Educação os Recursos Humanos; Duarte Amoedo ficará com o pelouro do Urbanismo.

Na oposição socialista, sem qualquer pelouro, estão os vereadores Augusto Domingues, Paulo Esteves e Nídia Além.

Últimas