PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção: ‘Folk’ vai estrear-se no Campo da Feira… e pode ser batido um recorde

27 Julho, 2022 - 22:33

1705

0

Folk Monção.

É já no próximo sábado que regressa o Folk Monção – O Mundo a Dançar. Após dois anos de suspensão devido à pandemia da COVID-19, este Festival Internacional de Folclore está de volta e promete encantar o Alto Minho até 7 de agosto. Será a 37ª edição do evento.

 

Angola, Brasil, Chile, Colômbia, Costa do Marfim, Estados Unidos da América, Indonésia, México, Polónia e Portugal. São estes os países que vão estar presentes na edição deste ano do Folk Monção, que vai marcar o regresso deste Festival Internacional de Folclore ao Alto Minho e à vizinha Galiza, após dois anos de suspensão devido à COVID-19.

 

O primeiro espetáculo vai acontecer, manda a tradição, na terra natal deste evento: Barbeita, em Monção. Será no sábado, dia 30 de julho, às 22h00.

 

 

Seis mil lugares sentados no Campo da Feira

No domingo, dia 31 de julho, vai ter lugar também em Monção a Gala Deu-la-Deu. Um espetáculo que vai incluir a participação de todos os grupos. Este ano vai realizar-se pela primeira vez no Campo da Feira e, segundo avançou a organização à Rádio Vale do Minho, o recinto “terá capacidade para 6 mil pessoas sentadas”.

 

Ou seja, se estes lugares forem todos preenchidos pode ser batido um novo recorde em espetáculos do Folk Monção.

 

Foi em agosto de 2019 que mais de cinco mil pessoas se juntaram no Parque das Caldas, em Monção, para assistir à Gala de Encerramento deste evento.

 

 

Em 2019, mais de cinco mil pessoas assistiram ao encerramento do Folk Monção no Parque das Caldas

[Fotografia: Arquivo/Rádio Vale do Minho]

 

 

“Nesta gala pretende-se reavivar o espírito inigualável deste festival de folclore internacional e dar início a uma semana excecional onde se celebrará a cultura do Mundo”, referiu ainda a organização do espetáculo em nota enviada à Rádio Vale do Minho.

 

“Contamos com todos para abrilhantar esta edição e juntos contribuirmos para a paz e união entre os Povos”, acrescenta.

 

 

 

Confira o calendário dos espetáculos

 

30 julho, sábado

Barbeita, Monção – Gala d’ Aliança, Largo da Ponte do Mouro 22h00

Colômbia, EUA, Polónia, Portugal

 

 

31 julho, domingo

Monção – Gala Deu-la-Deu, Campo da Feira 22h00

Angola, Brasil, Chile, Colômbia, Costa do Marfim, EUA, Indonésia, México, Polónia, Portugal

 

 

1 agosto, segunda-feira

Paredes de Coura, Centro da Vila 22h00

Chile, EUA, Indonésia, Polónia

 

Salvaterra de Miño, Muralhas 22h30 (hora espanhola)

Brasil, Colômbia, Costa do Marfim, México

 

 

3 agosto, quarta-feira

Arcos Valdevez, Anfiteatro junto à Ponte Nova 22h00

Angola, Brasil, Chile, Indonésia

 

Vila Nova de Cerveira, Terreiro 22h00

Costa do Marfim, EUA, México, Polónia

 

 

4 agosto, quinta-feira

Ponte de Lima, Gala Espetáculo na Alameda de S. João 22h00

Angola, Brasil, Chile, Colômbia, EUA, Indonésia, México, Polónia

 

 

5 agosto, sexta-feira

Melgaço, Largo Hermenegildo Solheiro 22h00

Angola, Colômbia, México, Polónia

 

Vila Nova de Arousa, Xardin Umbrio 22h30 (hora espanhola)

Brasil, Chile, Costa do Marfim, Indonésia

 

 

6 agosto, sábado

Valença, Jardim Municipal 22h00

Angola, Chile, Indonésia, Polónia

 

Ponte da Barca, Centro da Vila 22h00

Brasil, Colômbia, Costa do Marfim, EUA

 

 

7 agosto, domingo

Monção, Gala do Alvarinho Campo da Feira 22h00

Angola, Brasil, Chile, Colômbia, Costa do Marfim, EUA, Indonésia, México, Polónia, Portugal

 

 

À semelhança das edições anteriores, os artistas vão ficar alojados na Escola EB 2,3 de Monção.

 

Uma das novidades deste ano é que duas galas em Monção vão ser realizadas no Campo da Feira. A outra, manda a tradição, será na Ponte do Mouro, na freguesia de Barbeita, berço do Festival.

 

Ponte de Lima vai também receber outra gala.

 

Para além destes dois concelhos, os espetáculos vão passar por Arcos de Valdevez, Melgaço, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Valença e Vila Nova Cerveira. Na Galiza, haverá espetáculos em Salvaterra do Miño e Vilanova de Arousa. A entrada será livre e gratuita em todos os locais.

 

início dos espetáculos está previsto para as 22h00 em Portugal e 21h30 em Espanha (hora portuguesa).

 

organização deste evento cabe ao Rancho Folclórico da Casa do Povo de Barbeita, sobre a orientação da comissão executiva a qual se juntam cerca de 120 voluntários.

 

Folk Monção – O Mundo a Dançar, um dos momentos mais altos do verão cultural em vários concelhos, foi reconhecido pelo C.I.O.F.F. (Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore e de Artes Tradicionais, estatuto B da UNESCO), em 2006, pelo C.I.D. (Conselho Internacional de Dança), em 2005, e pela I.O.V. (Organização Internacional das Artes Populares), em 2004.

 

Até ao momento, de acordo com a organização deste festival, já passaram por todas as edições cerca de 350 grupos oriundos de 73 países dos cinco continentes.

 

[Fotografia: Arquivo/Rádio Vale do Minho]

Últimas