PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção: Faleceu o Padre Adelino Vaz de Araújo

8 Junho, 2024 - 13:45

1734

2

Tinha 93 anos.

[atualizada 15h45 – com mais informação biográfica]

 

 

Faleceu este sábado, aos 93 anos de idade, o Padre Adelino Vaz de Araújo.

 

Natural de Nine, Famalicão, distrito de Braga, o sacerdote foi ordenado em 1955. Celebrou Missa Nova em Tadim, Braga, no dia seguinte.

 

Foi pároco de Moreira, Pinheiros, Portela e Turte, no Arciprestado de Monção.

 

Era tido, segundo a Santa Casa da Misericórdia de Monção (SCMM), como “um sacerdote exímio na sua conduta, verdadeiro exemplo de dedicação, devoção e doação como mensageiro e pastor ao serviço da comunidade confiada, é motivo não só para gratidão divina mas também para reconhecimento humano dos seus conterrâneos e paroquianos; tratando-se dum grande impulsionador e dinamizador da paróquia e freguesia [Moreira], nos vários domínios e vertentes”.

 

Descreveu ainda a SCMM que “foi um exemplo e imitador do Verdadeiro Sacerdote, impôs-se pelo exemplo de humildade, desprendimento de bens materiais e prática das obrigações e devoções”. 

 

No domínio social e cultural, em 1972, foi o principal sócio fundador e Presidente da Comissão Instaladora da Casa do Povo do Vale do Gadanha, assumindo posteriores cargos de Presidente da Direcção.

 

Fundou a Festa do Linho do Vale do Gadanha.

 

Criou o Grupo Coral de Santa Luzia de Moreira, em 1984, que dirigiu durante anos sucessivos, tendo sido embaixador cultural de Monção nos Encontros de Coros da Ribeira do Baixo Minho e presença contínua nas Jornadas Teotonianas.

 

Em 1989, após cessação de actividade da Casa do Povo, criou o Centro Paroquial e Social de Moreira que manteve actividade ininterrupta na vertente cultural, com integração do Grupo Coral de Santa Luzia, e desportiva, com abrangência da secção de futebol, que passou a abarcar todos os escalões etários de formação e ainda a modalidade de futsal feminino.

 

Foi Presidente da Assembleia-geral da Santa Casa da Misericórdia de Monção no triénio 1966/68.

 

Foi também professor, desde 1972. Primeiro, a Escola Secundária de Monção, onde iniciou com as disciplinas de Música (Canto Coral) e História, leccionando ainda Português e Literatura Portuguesa.

 

Igualmente passou pela Escola Preparatória de Monção onde ensinou Educação Musical e Religião e Moral Católicas.

 

Em 2007 foi agraciado pelo Município de Monção com a medalha de prata de Cidadão de Mérito, pela “postura, dedicação, perseverança, solidariedade e trabalho em benefício do nome de Monção e pelo papel relevante que a igreja representa em benefício da comunidade”.

 

Foi também agraciado com a medalha de ouro de Cidadão Honorário da Freguesia de Moreira.

 

O funeral realiza-se na próxima segunda-feira, dia 10 de Junho, pelas 9h30, na Igreja Paroquial de Moreira, em Monção.

 

 

 

[Fotografia: Diocese de Viana do Castelo]

Últimas