PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Monção

Monção: Barbosa vai ‘carregar forte’ em duas áreas nos próximos quatro anos

10 Outubro, 2021 - 19:11

3966

0

Instalados os novos órgãos autárquicos de Monção para 2021-2025.

“Nos últimos quatro anos, numa conjuntura extremamente complexa, fizemos muito pelo desenvolvimento de Monção. Sendo este progresso visível em vários setores de atividade”. A consideração foi deixada este sábado por António Barbosa, presidente da Câmara Municipal de Monção, durante a sessão de instalação dos novos órgãos autárquicos para o quadriénio 2021-2025.

 

 

Cine Teatro João Verde encheu como há muito não se via
[Fotografia: Município Monção]

 

 

O autarca social-democrata optou por não enumerar investimentos e triunfos mas deixou dois grandes momentos que vai guardar para sempre: as vitórias nas edições de 2018 e 2019 no concurso 7 Maravilhas, da RTP.

 

A primeira, recorde-se, elevou o Cordeiro à Moda de Monção como uma entre as 7 Maravilhas de Portugal à Mesa. A segunda colocou as Roscas de Monção entre as 7 Maravilhas Doces de Portugal.

 

 

 

E para 2025?

“Estou convencido que seremos um dos concelhos de média dimensão mais procurados de Portugal. Não só por turistas como também por investidores”. Eis o plano de António Barbosa para Monção até 2025.

 

“Os próximos quatro anos serão determinantes para a elevação da qualidade de vida dos monçanenses e para a fixação dos nossos jovens no concelho”, prosseguiu. Como? “Através da criação de novas oportunidades laborais para quadros médios e superiores”.

 

Mas a equipa de António Barbosa vai também carregar forte noutras duas áreas: Ação Social e Educação.

 

“São dois pilares fundamentais de uma plena vivência em comunidade. O primeiro garante conforto e bem-estar a quem mais necessita. O segundo, constitui uma porta aberta para ganharmos o futuro. Só com uma educação de primeira podemos ambicionar ser um concelho de primeira!”, exclamou.

 

 

O novo Executivo Municipal de Monção com o presidente da Assembleia Municipal
[Fotografia: Município Monção]

 

 

Visivelmente orgulhoso, Barbosa considera que hoje “os monçanenses acreditam nas suas capacidades e têm esperança num futuro melhor para os seus filhos”. Ato contínuo, sintetizou o compromisso em modo geral.

 

“Tudo faremos para valorizar o nosso património, dinamizar o nosso comércio, e fortalecer a nossa agricultura. Da nossa parte podem esperar coragem, determinação e disponibilidade para continuarmos a fazer de Monção a nossa Monção… a mais linda terra de Portugal“.

 

O público não se conteve. Barbosa teve mesmo de ler as últimas linhas do discurso ao som de um longo aplauso… de pé.

 

“O futuro faz-se com todos. Viva Monção”, concluiu.

 

 

[Fotografia capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas