PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço: Ministra diz que números da sub-região são “impressionantes” – Veja o VÍDEO

27 Novembro, 2021 - 02:13

887

0

Na abertura da Festa do Espumante de Melgaço.

A Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, classificou esta sexta-feira como “impressionantes” os números da Sub-Região de Monção e Melgaço. A governante discursava durante a cerimónia de abertura de mais uma edição da Festa do Espumante, em Melgaço. O certame vai prolongar-se até domingo.

 

“Os números confirmam que estão no caminho certo. Uma média de 10 milhões de litros de produção anual de vinhos; 1.700 hectares de vinha; mais de 2.000 viticultores; cerca de 250 marcas no mercado e muitas medalhas e prémios internacionais atribuídos”, enumerou Ana Abrunhosa.

 

“São números impressionantes e muitos de nós, por todo o território, não temos a noção da grandiosidade que estes números representam para Melgaço e Monção”, realçou.

 

Visivelmente satisfeita com o regresso daquele certame, que o ano passado teve de ser suspenso devido à pandemia da COVID-19, Ana Abrunhosa, que é também professora na Universidade de Coimbra, levava a lição bem estudada.

 

“Esta festa é uma homenagem ao melhor que existe em Melgaço: o vinho e os espumantes de Alvarinho, mas também a gastronomia local, o fumeiro, o queijo e a doçaria tradicional. Esta é uma festa que celebra os nossos produtores e todos aqueles que dedicam a sua vida e o seu trabalho a este território”, enunciou.

 

“É a forma certa de valorizar e promover Melgaço”, concluiu.

 

 

… mas foi Batista quem deu nota máxima: foi para a Ministra

O presidente da Câmara, Manoel Batista, mostrou-se evidentemente muito agradado com as palavras de Ana Abrunhosa. Uma Ministra que tem sido presença constante neste concelho e cujo desempenho no Governo está a merecer os aplausos do autarca melgacense.

 

“Hoje, coesão territorial deixou de ser um chorrilho de promessas. Hoje, coesão territorial são medidas concretas para as famílias, para os mais jovens e para o tecido empresarial”, referiu Batista.

 

“Hoje temos uma Ministra que traduz a sua ação numa proximidade nunca vista. Com uma capacidade de escutar e decidir em prol dos territórios jamais ousada”, considera o autarca socialista para quem a ação de Ana Abrunhosa “tem-se constituído numa verdadeira viragem de paradigma e numa marca histórica que alguém jamais poderá apagar”.

 

Num genuíno “reconhecimento da ação governativa” da Ministra, Batista apontou para o horizonte. Eleições legislativas cada vez mais próximas.

 

“O País mais profundo deve-lhe muito, e espera que possa continuar a dar-nos real alento como provou saber dar”.

 

Seguiu-se o tradicional brinde em conjunto com a Real Confraria do Vinho Alvarinho. A comitiva visitou depois cada um dos produtores presentes nesta edição da Festa do Espumante.

 

 

Veja o nosso vídeo

 

 

 

 

Festa do Espumante 2021

De acordo com o Município, nesta que é a 7ª edição do evento, que se prolonga até domingo, estão presentes 15 produtores de espumante de Alvarinho da sub-região de Monção/Melgaço:

  • Alvaianas
  • Casa de Canhotos
  • Cortinha Velha
  • Dom Ponciano
  • Dom Salvador
  • Provam
  • Quinta das Pereirinhas – Foral de Monção
  • Quinta de Alderiz
  • Quinta de Soalheiro
  • Quinta do Mascanho
  • Quinta do Regueiro
  • Quintas de Melgaço
  • Reguengo de Melgaço
  • Terras de Real
  • Valados de Melgaço

 

 

Marcam também presença sete produtores de produtos locais:

 

  • Mel do Zé – Artesanali´s
  • Melgaço em Sabores
  • O Casal
  • Pastelaria Broa de Mel
  • Prados de Melgaço – queijaria
  • Prendokas
  • Roscas de Melgaço

 

 

E ainda um restaurante:

  • Tasquinha Castreja

 

 

Teste negativo ou certificado de vacinação obrigatórios

Sabe a Rádio Vale do Minho que a organização da Festa do Espumante vai exigir, à entrada do recinto, teste negativo ou certificado digital de vacinação contra a COVID-19.

 

 

Programa

O evento reúne uma grande montra de espumantes de Alvarinho; produtos regionais (fumeiro, queijos, mel, doçaria tradicional, entre outros); provas comentadas que exploram a versatilidade gastronómica dos espumantes de Alvarinho, sessões conduzidas pelo sommelier e wine educator da Revista de Vinhos, Manuel Moreira; sessões de showcooking por conceituados chefes – Chakall, Luis Américo e Vitor Matos – que levarão propostas culinárias que terão por base alguns dos ingredientes mais famosos da sub-região; e terá ainda um espaço de restauração com propostas gastronómicas típicas.

 

As noites são, como habitualmente, preenchidas com animação musical: música ao vivo e atuações de DJ’s ( este sábado: Bruno Pereira, Andréa Domingues e Roberto Martins, e o DJ Pedro Simões – RFM).

 

 

A brindar desde 2015

Surgida em 2015, a Festa do Espumante começou por realizar-se no Largo Hermenegildo Solheiro, e logo aí arrebatou um enorme êxito. Dados da empresa responsável pela produção registaram casa cheia todos os dias, com um total de 4.000 a 4.500 visitantes. Desde então foi sempre a subir. E a ascensão tornou-se mais notória com a mudança de casa para o Largo do Mercado.

 

Desde a primeira edição que a Festa do Espumante tem contribuído para a afirmação da identidade de Monção&Melgaço como território vínico de excelência, fruto de condições naturais e humanas singulares: solo, microclima e saber-fazer.

 

“A Festa do Espumante foi uma aposta arriscada, mas hoje o certame já se afirmou. E prova disso são os números: em 2019 tivemos cerca de 9 mil visitantes. É uma montra privilegiada para o nosso Alvarinho e para a gastronomia regional. Não tenho dúvidas, nenhumas, de que é uma aposta ganha”, concluiu Manoel Batista.

 

O certame pretende valorizar os produtos locais e a imagem do concelho através de uma oferta turística integrada onde o enoturismo, o turismo rural, os desportos aventura, o património cultural e paisagístico, a hotelaria e restauração constituem fatores dinamizadores para o Destino de Natureza Mais Radical de Portugal.

 

A entrada é livre e o acesso às provas de espumantes faz-se mediante a aquisição do copo oficial num valor praticamente simbólico.

 

Este evento é uma organização do Município de Melgaço com produção da EV-Essência do Vinho.

 

 

[Fotografia capa: Município Melgaço]

Últimas