PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço: Já ‘nasce’ a nova residência académica para estudantes do Ensino Superior

2 Junho, 2023 - 10:09

792

0

Investimento ronda os 640 mil euros + IVA.

A antiga escola primária de Prado já está a transformar-se numa residência académica para apoio à Escola Superior de Desporto e Lazer de Melgaço – IPVC, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo [IPVC].

 

O Executivo Municipal local visitou o andamento das obras e o Presidente da Câmara, Manoel Batista, mostrou-se bastante satisfeito.

 

“Estamos perante um projeto que visa reforçar no concelho a oferta de camas para estudantes e, por outro lado, que é consistente com uma política de reabilitação do nosso património”, disse o autarca.

 

“O corpo principal do edifício será completamente preservado, sendo apenas demolido o “alpendre”, claramente sem valor arquitetónico de relevo que justifique o condicionamento do projeto à custa da sua preservação”, acrescentou.

 

Adjacente ao centro urbano, o equipamento, com capacidade de 21 camas, proporcionará um fácil acesso dos estudantes à instituição de ensino, aos equipamentos de saúde, cultura, desporto e comércio mais próximos, e ainda aos pontos nodais e interfaces de transportes públicos (central a menos de 1km e ESDL a cerca de 1,2 km).

 

Contribuirá também para a recuperação de património público devoluto.

 

 

Veja a galeria de fotos [Município Melgaço]

 

 

 

Este projeto tem presente princípios de sustentabilidade e elevada eficiência energética e a sua conceção teve particular cuidado com a criação de condições de conforto e de qualidade de habitação a preços acessíveis, particularmente destinado ao grupo prioritário dos estudantes bolseiros deslocados.

 

“A disponibilização de uma oferta de alojamento a preços acessíveis, é a resposta ao reconhecimento de uma necessidade particularmente importante para os jovens de famílias economicamente mais carenciadas”, disse ainda Manoel Batista.

 

O investimento previsto é de cerca de 640 mil euros +IVA (o financiamento do PRR é de 100% das despesas elegíveis).

 

 

[Fotografia capa: Município Melgaço]

Tópicos:

#Ensino Superior

Últimas