PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço: Há 120 anos a Igreja de Paderne era… totalmente branca

23 Outubro, 2022 - 00:36

493

0

Património.

A extraordinária fotografia foi captada em 1903. Mostra a Igreja de Paderne e parte do Convento daquela freguesia de Melgaço.

 

Terá sido tirada a um domingo dado que, segundo o Blog Melgaço Entre o Minho e a Serra, exibe um momento “à saída da missa”.

 

Quem conhece bem o monumento, nota desde logo a particularidade de que a fachada do templo está totalmente pintada de branco. Desconhece-se ainda o tipo de tinta, mas tudo aponta para um revestimento a cal.

 

A pintura acabou por sair ao longo das décadas expondo as seculares pedras desta Igreja que remonta ao século XII. Encontra-se classificada como Monumento Nacional desde 23 de Junho de 1910.

 

Em termos administrativos, em 1839 a Igreja e o Convento situavam-se no antigo concelho de Valadares, extinto por decreto a 24 de Outubro de 1855, passando desde então a pertencer à comarca de Melgaço.

 

A Igreja de Paderne pertence à Diocese de Viana do Castelo desde 3 de Novembro de 1977.

 

Igreja de Paderne, em Melgaço, está a ser alvo de uma profunda reabilitação

[Fotografia: Município Melgaço]

 

 

Investimento de um milhão promete reabilitar todo o templo

As obras de Reabilitação, Conservação e Valorização da Igreja do Convento de São Salvador de Paderne – que arrancaram no ano passado – estão a deixar o espaço como novo.

 

“Vamos devolver a dignidade material a este Monumento Nacional. O edifício apresentava graves condições de conservação, com risco de perda de património, pelo que procedemos a uma candidatura ao Aviso Património Cultural-Infraestrutural, do Programa Operacional Norte 2020, cabendo à Direção Regional de Cultura do Norte o apoio técnico à elaboração deste projeto”, recorda o Município em nota divulgada.

 

“Proporcionar adequadas condições de conservação, valorização e visitação a este Monumento e potenciar a Igreja como um recurso ativo para o desenvolvimento da Região Norte no âmbito do Turismo Cultural e Religioso, são outros dos objetivos que tiveram por base esta ação”, acrescenta.

 

O projeto representa um investimento total de 1.053.390,50 euros (FEDER, Norte 2020: 500.000 euros; Financiamento público nacional – Protocolo com Estado – via DGTF, Direção Geral do Tesouro e Finanças: 553.390,50 euros).

 

Veja a galeria de fotos [créditos: Município Melgaço]

 

 

[Fotografia capa: Blog Melgaço Entre o Minho e a Serra]

Últimas