PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço continua a apostar “nos valores e costumes” mas inova para “chegar a todas as faixas etárias”

21 Julho, 2023 - 16:51

942

0

Melgaço em Festa.

Foi num ambiente de alegria e animação que o programa do Melgaço em Festa foi apresentado esta sexta-feira, na Praça da República.

 

O momento foi preenchido com várias performances dos grupos participantes do Dia do Brandeiro e da Festa C(r)asteja, com música ao vivo, concertinas, gaiteiros, exposição de produtos locais e a “visita” de personagens típicas do concelho e do Mercado Medieval.

 

“Foi uma pequena mostra daquilo que o nosso município reserva para os dias de Festa”, considerou o vice-presidente, José Adriano Lima, na sessão de apresentação.

 

“Houve uma aposta no reforço e na diversificação das atividades. Continuamos a apostar nos valores, costumes e cultura da nossa região, mas há também uma inovação, no sentido de termos um programa que seja para todos. Queremos chegar a todas as faixas etárias e a todos os interesses culturais. Espero que todos possam desfrutar daquilo que é a nossa oferta cultural”, realçou.

 

A realizar-se entre 4 e 15 de agosto, o Melgaço em Festa vai acontecer um pouco por todo o concelho, dando a conhecer os valores e tradições da região.

 

Uma das novidades desta edição é o Cortejo Histórico, no dia 12 de agosto, que pretende retratar a ocupação humana do território, designadamente cinco épocas que deixaram marcas históricas e que representam as raízes culturais do concelho: o Paleolítico, a Idade do Bronze, a Antiguidade Clássica (Romanização), a Idade Medieval e a Idade Contemporânea.

 

O Festival Internacional de Folclore O Mundo a Dançar marca o arranque do evento, no dia 4 de agosto, pelas 22h00, no Largo Hermenegildo Solheiro. Quatro grupos de folclore, de diferentes localidades – Argentina, Equador, Geórgia e Taiti – darão a conhecer a sua cultura através da dança.

 

Segue-se, nos dias 5 e 6 de agosto, a celebração da cultura da transumância, uma tradição com 900 anos, durante o Dia do Brandeiro.

 

O cortejo etnográfico, no sábado, pelas 12h30, sob o tema “A Transumância”, assume-se como o momento alto das festividades, mas serão muitos os momentos para se ouvir o relato do quotidiano da pastorícia e ainda momentos de animação musical com Laurance.

 

O Grupo Folclórico Amizades do Alto Minho de Messy, o Grupo Folclórico Etnográfico da Casa do Povo de Melgaço, danças e tradições de Castro Laboreiro e o grupo musical Cláudia Martins & Minhotos Marotos, prometem animar a Festa do Emigrante, que acontece no dia 8 de agosto. Será um momento para festejar com os emigrantes que, por esta altura, regressam às suas origens.

 

O Mercado Medieval volta ao centro histórico entre os dias 11 e 13 de agosto.

 

O evento pretende promover o património histórico de Melgaço. O centro histórico, com o seu Castelo e as suas Igrejas medievais (Matriz e Misericórdia), assume-se como um local fulcral para a promoção deste Mercado, tornando-se palco de várias animações temáticas. Haverá ainda uma tenda para aluguer de trajes, convidando os visitantes a recuarem no tempo e a entrarem no espírito medieval.

 

Esta edição do Melgaço em Festa fica ainda marcada por vários concertos, que prometem deliciar todas as faixas etárias: Dj Wilson Honrado, no dia 11 de agosto; Toy, no 12; e Mike da Gaita e Cuca Roseta no dia 13 de agosto.

 

E, como é já habitual, haverá ainda um espetáculo piromusical na envolvente do castelo, no dia 13 de agosto.

 

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

Tópicos:

#Festa

Últimas