PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço: Almoçar (ou jantar) neste restaurante na próxima sexta-feira dá Alvarinho ‘à borla’

4 Junho, 2024 - 14:13

3

0

Dia da sub-região Monção&Melgaço.

A produtora Dona Paterna, de Melgaço, vai assinalar o Dia da sub-região Monção&Melgaço de uma forma especial. A data comemora-se já na próxima quarta-feira, dia 7 de junho.

 

Com a colaboração da Tasquinha da Portela, em Melgaço, todos os clientes serão brindados com um copo de Alvarinho Dona Paterna 2022, ao almoço ou ao jantar.

 

Este vinho, recorde-se, foi recentemente distinguido com medalhas de ouro.

 

“A iniciativa pretende ser uma forma de brindar quem visita o território, mas também a população, com o que de melhor este tem, que é o alvarinho e a excelente gastronomia, aliada à natureza tão característica do Alto Minho, onde estamos inseridos, e, claro, o saber receber tão bem e genuíno pelas nossas gentes”, conta , Carlos Codesso, da Dona Paterna.

 

 

Porquê 7 de junho?

Foi neste dia, em 2017, que foi criado o Selo de Garantia Exclusivo para Monção e Melgaço, certificado pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes.

 

Desde então, todos os vinhos que tenham a denominação de Origem Vinho Verde, de uvas colhidas e vinificadas na sub-região de Monção e Melgaço, com menção a tal na rotulagem, e engarrafados por agentes da sub-região, podem usar este selo que certifica a autenticidade e genuinidade dos produtos provenientes de Monção e Melgaço, como forma de garantir que é esta sub-região que está na origem da casta alvarinho com características singulares.

 

“A sub-região de Monção e Melgaço tem condições naturais de microclima e solo que fazem desta um terroir único no mundo, que nos possibilita a criação de néctares de excelência, reconhecidos por todo o mundo. Monção e Melgaço é a origem do alvarinho”, sublinha Carlos Codesso

 

 

Sobre a Tasquinha da Portela

Instalado num edifício antigo que data do século XVIII, o restaurante Tasquinha da Portela é uma das referências gastronómicas do concelho de Melgaço.

 

Legado em herança, começou por ser uma casa de petiscos, mas a vontade de ir mais longe levou o casal Filipe Vieira e Ana Luísa Eira Velha a dar um impulso no negócio.

 

 

 

[Fotografia: Tasquinha da Portela]

Últimas