PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Mais de 50% de utentes das Termas são espanhóis. Proximidade com Galiza traz utentes do outro lado da fronteira

6 Agosto, 2010 - 17:30

255

0

São cada vez mais os espanhóis que procuram nas termas portuguesas os locais ideais para tratamento de doenças, garantia de saúde e procura do bem-estar. Só nas termas de Monção, 50% dos utentes são espanhóis, uma realiadde que tem preenchido o dia-a-dia da estância termal minhota, num altura em que a crise é pretexto para abandonar actividades associadas ao luxo.

São cada vez mais os espanhóis que procuram nas termas portuguesas os locais ideais para tratamento de doenças, garantia de saúde e procura do bem-estar. Só nas termas de Monção, 50% dos utentes são espanhóis, uma realiadde que tem preenchido o dia-a-dia da estância termal minhota, num altura em que a crise é pretexto para abandonar actividades associadas ao luxo. De acordo com o Director Médico, Tomás Ares, a razão está relacionada com a proximidade.
A realidade das estâncias termais está também a adquirir outros públicos. São cada vez mais os jovens que procuram os serviços de terapia e tratamento, e não tanto a pessoa idosa, com doenças crónicas. Segundo o director clínico, os mais novos procuram, sobretudo, momentos para descontrair do stress do trabalho e adoptam progressivamente uma atitude mais preventiva.
As termas de Monção estão a funcionar desde 2008, até ao final do ano, estima-se que conquiste cerca de oito mil utentes por ano, as expectativas estão por isso altas, a contrariar a conjunta económica. Os tratamentos, as recomendações terapêuticas e o balanço de dois anos de trabalho são os temas que poderá ouvir na entrevista alargada deste fim-de-semana, no "Minho Fala".

Últimas