PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Mundo

Guerra: Russos estarão a treinar golfinhos para defender base naval

30 Abril, 2022 - 00:30

560

0

Golfinhos são treinados para lutar contra mergulhadores invasores, carregar bombas e até mesmo plantar minas.

As forças militares russas estarão a treinar “golfinhos espiões” para proteger a base naval russa no Mar Negro.

 

Segundo o Correio da Manhã,o analista de guerra e especialista em submarinos H.I. Sutton foi o primeiro a dar conta do facto num estudo do Instituto Naval Norte-americano.

Refere Sutton que as imagens de satélite da Maxas Technologies mostram o que parecem ser jaulas com golfinhos dentro de água, mesmo junto à entrada do porto de acesso à base.

 

A base em questão em Sevaspol, parte da Crimeia anexada pela Rússia em 2014.

 

 

 

Segundo o responsável, as jaulas foram mudadas de sítio, para ficarem mais próximas da base naval, em fevereiro, altura em que a Rússia se preparava para invadir a Ucrânia.

Os mamíferos são utilizados em operações contra submarinos, pois, embora a base naval não se encontre ao alcance dos mísseis ucranianos, é potencialmente vulnerável aos ataques submarinos.

 

Neste sentido, os golfinhos são treinados para lutar contra mergulhadores invasores, carregar bombas e até mesmo plantar minas.

 

Os golfinhos começaram a ser treinados pelos EUA e pela União Soviética durante a guerra fria e, em 2012, a Ucrânia retomou esta prática, embora os mamíferos tenham caído nas mãos dos russos aquando da anexação da Crimeia em 2014.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas