PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

2

0

Galiza

Galiza/Vigo: Multidão encheu as ruas para assistir ao acender das luzes – Veja as FOTOS incríveis

21 Novembro, 2021 - 15:20

9049

0

No total são 11 milhões de lâmpadas LED. Um investimento de quase 1 milhão de euros.

O cenário ainda é de pandemia, mas um imenso mar de gente não quis perder pitada da cerimónia do acender das luzes de Natal realizada este sábado, em Vigo, na Galiza, Espanha. Um cenário verdadeiramente impressionante nas ruas para assistir ao início de números recorde naquela cidade.

 

No total são 11 milhões de lâmpadas LED naquela cidade galega. O investimento do Município foi de quase um milhão de euros (leu bem! Um milhão).

 

A iluminação natalícia de Vigo estende-se por quilómetros pelas principais artérias da cidade. Que não são poucas!

 

A acompanhar esta loucura natalícia, várias atrações: uma pista de gelo, um mercado de Natal, um comboio turístico, a casa do Pai Natal, uma roda gigante, um tobogã em neve artificial, a emblemática bola de natal gigante luminosa e o também icónico boneco de neve luminoso que este ano é ainda mais alto.

 

O Município não olha a despesas para atrair visitantes nesta altura do ano. Mesmo perante uma chuva de críticas que alertam para “gastos excessivos”. 

 

Abel Caballero, presidente da Câmara de Vigo, mostra-se imune a quem não vê com bons olhos esta aposta.

 

“Vigo é hoje a capital mundial do Natal”, considera o autarca plenamente convicto de que são as luzes natalícias de Vigo que marcam o início das festas “em todo o mundo”.

 

Em 2019, recorde-se, Caballero sublinhou que o retorno económico da época natalícia em Vigo tinha superado os 20 milhões de euros. Altura em que, segundo dados oficiais, passaram pelo centro de Vigo cerca de 4 milhões de pessoas.

 

Quanto aos gastos das restantes grandes cidades galegas, nem sequer se aproximam de Vigo. Para dar uma ideia, no segundo posto desta tabela está o Município de A Coruña, com 474 mil euros. Segue-se Ourense, com 325 mil euros.

 

 

Veja a galeria de fotos [todos os créditos: jornal Faro de Vigo]

Últimas