PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Arcos de Valdevez

Ex-ministro dos Negócios Estrangeiros chinês homenageado

9 Maio, 2013 - 10:01

95

0

O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros chinês Li Zhaoxing é o convidado do “Concelho de Estado”, em Arcos de Valdevez, iniciativa municipal que pretende abordar o papel internacional daquele país, anunciou hoje a organização do evento.

O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros chinês Li Zhaoxing é o convidado do “Concelho de Estado”, em Arcos de Valdevez, iniciativa municipal que pretende abordar o papel internacional daquele país, anunciou hoje a organização do evento.

“A China e o Mundo” é o tema da edição deste ano do “Concelho de Estado”, projecto pioneiro em Arcos de Valdevez de reflexão e homenagem a figuras e estadistas de referência, que decorrerá entre 18 e 19 de maio, com palestras, animação de rua e exposições, e que este ano contará com a presença de Li Zhaoxing, atualmente responsável pelo Comité dos Negócios Estrangeiros do Congresso Nacional do Povo, da República Popular da China.

Entre 2003 e 2007, sublinha a organização do “Concelho de Estado”, Li Zhaoxing foi ministro dos Negócios Estrangeiros da China e destacou-se ainda como embaixador na ONU (1995) e nos Estados Unidos da América (1998), tendo sido também membro fundador da organização não-governamental “The Elders”, criada pelo antigo Presidente sul-africano Nélson Mandela.

Trata-se da terceira edição do “Concelho de Estado”, promovido pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, que nas edições anteriores prestou tributo à vida e obra de Mário Soares (2010) e de Mikhail Gorbachev (2011).

Em 2013, explicou à agência Lusa fonte da organização, o evento servirá “para homenagear” Li Zhaoxing, mas também como “reflexão sobre a importância da China no contexto atual”, contando ainda com a presença do embaixador chinês em Portugal, Huang Songfu, numa cerimáonia para a qual foi também convidado o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Paulo Portas.

“O rápido crescimento interno da China tem vindo a desencadear a exponencial influência deste colosso um pouco por todo o mundo. Não poderia, pois, ser mais oportuno receber no nosso país o dignitário Li Zhaoxing, uma das figuras de Estado que mais se distinguiu na história recente das relações externas chinesas”, explicou à Lusa Francisco Araújo, presidente da Câmara de Arcos de Valdevez.

O “Concelho de Estado” deste ano prevê conferências, exposições, uma exibição cinematográfica, um concerto de música chinesa e uma intervenção simbólica junto ao Rio Vez, no centro daquela vila do Alto Minho.

A primeira edição do evento realizou-se em 2010, com o propósito de “prestar tributo e refletir sobre a importância histórica de figuras e temáticas maiores da política portuguesa e internacional”.

“O Concelho de Estado reafirma, deste modo, a vocação global a que se propõe, alargando o seu espetro ao contexto oriental. O ambicioso projeto coloca, uma vez mais, Arcos de Valdez no centro das atenções, não só pela interação cívica que promove, mas também por associar a figura singular de Li Zhaoxing ao fomento de uma reflexão política pertinente e atual”, sublinhou Francisco Araújo.

Últimas