PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Cinema: Melgaço “tem sabido utilizar este recurso fantástico”, reconhece o presidente da AR

7 Agosto, 2022 - 11:25

363

0

Augusto Santos Silva visitou ainda o Espaço Memória e Fronteira.

O Presidente da Assembleia da República (AR), Augusto Santos Silva, esteve em Melgaço.

 

A visita aconteceu no âmbito do MDOC – Festival Internacional de Documentário de Melgaço e a propósito deste evento visitou o Museu de Cinema de Melgaço e assistiu à exibição de alguns dos filmes candidatos ao Prémio Jean-Loup Passek.

 

“A cultura e o desenvolvimento são duas realidades muito próximas entre si. Quando promovemos o desenvolvimento, promovemos as condições para que as pessoas possam escolher os seus projetos e realizá-los”, disse Augusto Santos Silva aos jornalistas.

 

No entanto, para o Presidente da AR, “a ligação torna-se maior quando os município decidem também usar a cultura como uma espécie de bandeira, como um recurso que podem aproveitar para se afirmarem local, regional, nacional e internacionalmente… e Melgaço é um desses casos”, avaliou.

 

Em tom convicto, Augusto Santos Silva reconheceu que “Melgaço tem sabido utilizar este recurso fantástico que é a ligação de Jean-Loup Passek ao concelho para com isso valorizar este museu, fazer o Festival Internacional de Documentário e construir a partir daqui uma forma de mobilização das vontades locais mas também de interação de realidades nacionais e internacionais”.

 

 

Veja as fotos [Rádio Vale do Minho]

 

O Museu de Cinema de Melgaço – Jean-Loup Passek, inaugurado em 2005 pela então Ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima, encontra-se instalado em plena zona histórica da Vila, no edifício da antiga guarda-fiscal, adquirido e adaptado pelo Município para o efeito.

 

O Museu, que tem por base o espólio colecionado ao longo da vida pelo francês Jean-Loup Passek e doado ao Município, conta com duas exposições, uma de carácter permanente e outra temporária, distribuídas pelos dois andares do edifício.

 

O Presidente da AR visitou ainda o Espaço Memória e Fronteira, museu que se dedica à preservação da história do nosso concelho, com ênfase no contrabando e na emigração.

 

[Fotografias capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas