PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Vila Nova de Cerveira

Cerveira fez um ‘raio X’ à população imigrante no concelho… e vai apresentar os resultados

10 Novembro, 2022 - 12:52

226

0

Demografia.

O Município de Vila Nova de Cerveira vai apresentar, no próximo dia 16 de novembro, o diagnóstico da população imigrante residente no concelho.

 

A apresentação pública realiza-se no Auditório José Manuel Carpinteira do Fórum Cultural de Cerveira, às 18h00, assinalando, também, o Dia Internacional da Tolerância.

 

A sessão iniciará com a intervenção do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Rui Teixeira, à qual se seguirá a apresentação do diagnóstico, por José Cunha Machado, Professor da Universidade do Minho.

 

A aplicação dos resultados do diagnóstico no território de Vila Nova de Cerveira, tendo em vista a criação do Plano Municipal para a Integração dos Migrantes, será apresentada por Cristina Martins, Técnica Superior da autarquia cerveirense.

 

A sessão de encerramento ficará a cargo de Sónia Pereira, Alta Comissária para as Migrações. No final da apresentação pública será realizada uma visita guiada à XXII Bienal Internacional de Arte de Cerveira.

Com o objetivo de criar um ambiente de maior integração, para o evento foram convidadas centenas de imigrantes a residirem no concelho, entidades de âmbito local – entre as quais as empresas sedeadas em Vila Nova de Ceveira – , distrital e nacional, bem como a população em geral.

 

“As questões populacionais adquirem, a cada de dia que passa, uma importância acrescida em Vila Nova de Cerveira, no Alto Minho, em Portugal, na Europa e no Mundo, com as mudanças demográficas mais recentes, que, em várias geografias, acentuam tendências que vêm de trás”, considera o Presidente da Câmara, Rui Teixeira.

 

“As questões demográficas, nomeadamente os desequilíbrios demográficos e as políticas de natalidade e de imigração, apresentam-se, hoje, a par das alterações climáticas, das desigualdades sociais e territoriais, do repto das novas tecnologias, das guerras e das pandemias, como um dos maiores desafios que pairam no mundo, obrigando ao estabelecimento de novas prioridades no que à agenda do futuro diz respeito”, acrescenta.

 

Por isso, este estudo visa a elaboração de um diagnóstico da população imigrante residente no município de Vila Nova de Cerveira, tendo em consideração a concretização de três objetivos centrais:

  • Determinar a dimensão e representação da população imigrante nas várias freguesias do concelho;
  • Conhecer o perfil dos imigrantes numa perspetiva demográfica para a totalidade dos imigrantes residentes e numa perspetiva social para a totalidade dos imigrantes individuais e para os representantes dos agregados familiares, residentes em Vila Nova de Cerveira;
  • Compreender a situação dos imigrantes (a partir de uma amostra) em diferentes dimensões, entre as quais, a composição familiar, a habitação, as causas da migração, emprego e empreendedorismo, educação e saúde, assim como, a integração na comunidade e o relacionamento com entidades e serviços públicos.

 

“Será, depois, com base neste Diagnóstico, numa lógica de conhecer mais para agir melhor e contribuir com recomendações para a política pública de integração de imigrantes, que se desenvolverá o Plano Municipal para a Integração de Migrantes (PMIM), tendo em vista o desenvolvimento de políticas públicas  transversais e setoriais, no que às migrações se refere, almejando a atração de novos migrantes, a integração dos imigrantes e a gestão e valorização da interculturalidade”, concluiu o autarca.

 

Residentes de naturalidade estrangeira têm aumentado

De acordo com os resultados (ainda) provisórios dos Censos 2021 disponibilizados pelo INE – conforme apresentado publicamente pelo município cerveirense, em março, através da iniciativa “Em Cerveira Acontece” e sob o mote: “Demografia do Município de Vila Nova de Cerveira – Resultados dos Censos 2021 em Debate” -, a população do município de Vila Nova de Cerveira contempla 8.923 residentes, um número inferior ao registado nos Censos 2011 que era de 9.253 residentes, correspondendo a uma variação negativa de 3,6%.

A população do município de Vila Nova de Cerveira sendo, em larga medida, de naturalidade portuguesa, tem visto crescer os efetivos de naturalidade estrangeira, tendo aumentado os residentes de naturalidade estrangeira de fora da União Europeia de 414 para 698, passando a representar 7,8% da população em 2021, quando representavam 4,5% em 2011, correspondendo a uma variação positiva de 68,6%.

 

Consequentemente, a população tem sobretudo naturalidade portuguesa, mas os residentes de naturalidade estrangeira têm aumentado a sua representação local, correspondendo já a 12,3%.

É neste quadro que o Diagnóstico da População Imigrante Residente em Vila Nova de Cerveira se afigura como premente, visando determinar a dimensão da população imigrante, conhecer o perfil dos imigrantes e determinar a respetiva situação em diferentes dimensões.

 

 

[Fotografia: Arquivo/DR]

Últimas