PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Castro Laboreiro: Biblioteca cheia no lançamento de livro sobre “brandas e inverneiras”

21 Novembro, 2022 - 18:34

687

0

De Luísa Pinto.

A Biblioteca de Castro Laboreiro encheu este domingo para a sessão de lançamento do livro Castro Laboreiro, entre brandas e inverneiras, de Luísa Pinto.

 

Jornalista de profissão, a autora dedicou uma obra à transumância naquela vila castreja. 

 

Relata o modo de vida das pessoas que têm (tinham) o costume de se mudarem entre brandas e inverneiras, de acordo com as exigências climatéricas.

 

“Desde tempos imemoriais, duas vezes por ano, toda a parentela, animais e pertences, mudava de casa, de acordo com o clima da serra da Peneda e o calendário religioso. Descia-se às inverneiras (aldeias em vales abrigados) para passar o Natal, subia-se às brandas (pequenas povoações em terras elevadas e soalheiras) para passar a Páscoa. Todas as famílias da freguesia de Castro Laboreiro, concelho de Melgaço, por mais pobres que fossem, tinham duas casas, muito semelhantes em dignidade e dimensão. O presente livro é dedicado a esta prática de nomadismo, ainda existente, mas quase em extinção, devido ao despovoamento e às alterações climáticas. Um modo de vida singularíssimo que, em breve, se tornará narrativa histórica com contorno de lenda.», conta a autora.

 

 

Veja a galeria de fotos [créditos: Município Melgaço]
[Fotografias capa: Município Melgaço]

Últimas