PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

1

0

Melgaço

Castro Laboreiro: Antigas casas de guarda-florestal transformadas em alojamentos turísticos

10 Janeiro, 2023 - 14:03

1115

0

Turismo de Natureza.

O Município de Melgaço está a reabilitar os edifícios da zona de lazer das Veigas, em Castro Laboreiro. Espaços que serão destinados a alojamento de apoio à rede de percursos pedestres e cicláveis.

 

“A concretização deste projeto permitirá melhorar a experiência do nosso produto âncora: o Turismo de Natureza”, considera a autarquia.

 

A área de lazer das Veigas compreende edifícios que outrora foram destinados a casa do guarda-florestal. Por estarem encerrados há alguns anos, estes estavam em estado de degradação.

 

Assim, a autarquia considerou que era fundamental dotá-los de um novo uso, mais compatível com a localização e que permitisse dignificar a área em questão.

 

“Será um atrativo diferenciador do nosso território, na medida em que, enquanto espaço de apoio a caminheiros e montanhistas, se assume como uma oferta na melhoria da experiência e das condições de usufruto do nosso território”, referiu o Presidente da Câmara, Manoel Batista.

 

 

 

Veja as fotos [créditos: Município Melgaço]

 

 

 

A ação acontece no âmbito do projeto âncora «Ações de Qualificação dos Produtos Turísticos Estratégicos do Minho – Touring Cultural (Património Cultural/Aldeias de Portugal – Minho)» da Estratégia de Eficiência Coletiva (EEC) PROVERE Minho INOVAÇÃO.

 

Ainda neste contexto, para “aproximar” a área de lazer da vila de Castro Laboreiro, desenhou-se um percurso circular, com alguns miradouros e que passa pela vila de Castro Laboreiro, atravessa o Rio Laboreiro para a respetiva margem esquerda e regressa novamente à área de lazer das Veigas, passando ainda pelo futuro espelho de água que permitirá usufruir do Rio Laboreiro de uma forma mais próxima. Desta forma, promove-se a reutilização do edificado existente, enquanto se promove o pedestrianismo e a fruição da paisagem do PNPG.

 

O investimento é de 199.655.87 euros, financiado no âmbito do projeto/referência “Op. NORTE-06-3928-FEDER-000187”,com 85% de cofinanciamento.

 

Prevê-se que a empreitada esteja finalizada no final de janeiro de 2023.

 

 

[Fotografia capa: Município Melgaço]

Tópicos:

#Natureza#Turismo

Últimas