PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Caminha

Câmara estuda construção ou adaptação de edifiio para acolher albergue de peregrinos

21 Junho, 2010 - 10:55

217

0

A Câmara de Caminha está a fazer todos os esforços para ter um albergue de peregrinos. Em Ano Composteleano, são milhares os peregrinos que percorrerem os caminhos que levam à catedral de Santiago de Compostela, na Galiza. No entanto, deparam-se com o problema de não poderem pernoitar em Caminha.

A Câmara de Caminha está a fazer todos os esforços para ter um albergue de peregrinos. Em Ano Composteleano, são milhares os peregrinos que percorrerem os caminhos que levam à catedral de Santiago de Compostela, na Galiza. No entanto, deparam-se com o problema de não poderem pernoitar em Caminha, levando-os a percorrer mais 25 quilómetros até Valença. Contactado, o vereador da cultura, Paulo Pereira, explica que esta é uma lacuna que o executivo caminhense quer preencher o mais rápido possível.
Datas para um albergue de peregrinos em Caminha ainda não existem. Em cima da mesa, a autarquia caminhense está a estudar duas hipóteses: ou a construção de raíz ou a adaptação de um edificio para albergue. O que está mais definido é que quando o projecto avançar, aconteça num dos aglomerados urbanos e não em aldeias.
Segundo os últimos dados divulgados pelas autoridades galegas, no mês de maio chegaram a Santiago de Compostela 28 mil peregrinos, dos 849 eram portugueses que percorrem o caminho em terras lusas.

Últimas