PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Arcos de Valdevez
Destaques

Arcos: Município distinguido com o galardão de ‘Autarquia Solidária’

10 Setembro, 2021 - 11:26

45

0

PUB O Município de Arcos de Valdevez foi distinguido com o galardão de Autarquia Solidária. Trata-se de um sistema de reconhecimento público de boas práticas na área da Ação Social. […]

PUB

O Município de Arcos de Valdevez foi distinguido com o galardão de Autarquia Solidária. Trata-se de um sistema de
reconhecimento público de boas práticas na área da Ação Social.

Os Programas dinamizados pela CIDADESOCIAL destinam-se a promover informações e boas práticas para aumentar o valor da intervenção dos municípios portugueses nas áreas do Desporto, Juventude e Educação. Esta plataforma online dinamiza programas de âmbito nacional, com Câmaras de todos os distritos e das duas regiões autónomas.

“Foi com grande satisfação que o Município recebeu este galardão e viu ser reconhecido o seu trabalho na área social no que diz respeito ao Apoio à Família e Comunidade, Apoio ao Idoso, Apoio à Infância e Juventude e Apoio à Habitação”, refere a autarquia presidida por João Esteves.

Foram avaliados vários parâmetros nomeadamente na dinamização de atividades de cariz social, de desporto e lazer, apoio à atividade do movimento associativo arcuense, na melhoria das instalações e equipamentos municipais e pelas freguesias.

“O Município desenvolve muitas iniciativas na área social, tais como o apoio a pessoas desfavorecidas e com perda de rendimentos; promove uma política fiscal amiga das famílias, com a redução do IMI para as famílias com filhos e a participação na variável do IRS; incentiva à fixação dos jovens, com a isenção de IMT na aquisição de habitação; e reduz ou isenta de taxas municipais”, recorda a autarquia.

O apoio aos parceiros e instituições sociais, também ocorre ao nível da atividade corrente e da ampliação de instalações, a aquisição de equipamentos. Entre outros, também apoiou mais recentemente a construção e a atividade do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) e o Lar Residencial, de apoio à pessoa com deficiência.

No âmbito da pandemia da COVID-19 investiu mais de 1 milhão de euros no apoio às pessoas, às instituições e às empresas. Disponibilizou espaços de acolhimento para a quarentena e o Centro de Vacinação.
Outra das áreas de intervenção social é a da habitação.

De notar que, nos últimos 4 anos foram investidos 1 milhão de euros na reabilitação de 127 casas de famílias desfavorecidas e construídos apartamentos para arrendamento  jovem apoiado, através da reconstrução de dois edifícios devolutos na rua do Lira e do Espírito Santo.

O Município avançou ainda com a estratégia local de habitação que prevê a construção, reabilitação, incentivos ao arrendamento e à habitação, com um investimento previsto de 9 milhões de euros, nos próximos 6 anos.

De igual modo dinamiza o Plano Municipal do Idoso, através da realização de um conjunto de programas e iniciativas, promotores do envelhecimento ativo e saudável e do convívio intergeracional; dinamiza o Plano Municipal para a Igualdade e não Discriminação.

Recentemente procedeu à aprovação do Regulamento Municipal para a Concessão de Incentivos Fiscais à Reabilitação e Aquisição de Habitação.

 

[Fotografia: Arquivo / DR]

 

PUB

Últimas